Watch videos with subtitles in your language, upload your videos, create your own subtitles! Click here to learn more on "how to Dotsub"

Annotated captions of Stephen Hawking asks big questions about the universe in Portuguese (Portugal)

Last Modified By Time Content
ted_rita 00:02
00:06

Não há nada maior ou mais antigo do que o Universo.

ted_rita 00:06
00:10

As vossas perguntas de que gostaria de falar são:

ted_rita 00:10
00:17

Primeiro, de onde é que viemos?

ted_rita 00:17
00:20

Como é que o universo começou?

ted_rita 00:20
00:24

Estamos sozinhos no universo?

ted_rita 00:24
00:27

Existe vida no espaço?

ted_rita 00:27
00:31

Qual é o futuro da raça humana?

ted_rita 00:31
00:33

Até 1920,

ted_rita 00:33
00:37

toda a gente pensava que o universo era essenciamente estático

ted_rita 00:37
00:39

e imutável no tempo.

ted_rita 00:39
00:44

Depois descobriu-se que o Universo estava em expansão.

ted_rita 00:44
00:47

Galáxias distantes afastavam-se de nós.

ted_rita 00:47
00:54

Isto significava que devem ter estado mais próximas, no passado.

ted_rita 00:54
00:56

Se extrapolarmos no tempo

ted_rita 00:56
01:00

descobrimos que tudo estava sobreposto

ted_rita 01:00
01:02

há cerca de 15 biliões de anos atrás.

ted_rita 01:02
01:08

Isto foi o Big Bang, o começo do Universo.

ted_rita 01:08
01:11

Mas existia alguma coisa antes do Big Bang?

ted_rita 01:11
01:15

Se não havia, o que é que criou o universo?

ted_rita 01:15
01:20

Porque é que o universo surgiu do Big Bang da forma que surgiu?

aloureiro 01:20
01:25

Antes pensávamos que a teoria do Universo

ted_rita 01:25
01:27

podia ser dividida em duas partes.

ted_rita 01:27
01:30

Primeiro, haviam as leis

ted_rita 01:30
01:33

como as equações de Maxwell e a relatividade geral

ted_rita 01:33
01:36

que determinavam a evolução do universo

ted_rita 01:37
01:40

dado o seu estado ao longo de todo o espaço num tempo só.

ted_rita 01:40
01:43

E segundo, não havia perguntas sobre

ted_rita 01:43
01:46

sobre o estado inicial do universo.

ted_rita 01:46
01:51

Fizemos bons progressos na primeira parte

ted_rita 01:51
01:54

e agora temos o conhecimento das leis da evolução

ted_rita 01:54
01:57

em tudo, até nas condições mais extremas.

ted_rita 01:57
02:00

Mas até recentemente, sabiamos muito pouco

ted_rita 02:00
02:03

sobre as condições iniciais do universo.

ted_rita 02:04
02:09

No entanto, esta divisão em leis da evolução e condições iniciais

ted_rita 02:09
02:13

depende do tempo e do espaço serem separados e distintos.

ted_rita 02:15
02:19

Em condições extremas, a relatividade geral e a teoria quântica

ted_rita 02:19
02:23

permite que o tempo se comporte como outra dimensão do espaço.

ted_rita 02:27
02:31

Isto elimina a distinção entre tempo e espaço

ted_rita 02:31
02:36

e significa que as leis da evolução também podem determinar o estado inicial.

ted_rita 02:39
02:43

O universo pode criar-se espontaneamente a partir do nada.

ted_rita 02:43
02:51

Mais ainda, podemos calcular a probabilidade que o universo

ted_rita 02:51
02:53

tenha sido criado em diferentes estados.

ted_rita 02:53
02:56

Estas previsões estão em óptimo acordo

ted_rita 02:56
03:00

com observações feitas a partir do satélite WMAP

ted_rita 03:00
03:02

do fundo de microondas cósmicas,

ted_rita 03:02
03:06

que é uma impressão do primeiro e mais antigo universo.

ted_rita 03:06
03:11

Pensamos ter resolvido o mistério da criação.

ted_rita 03:12
03:14

Talvez devamos patentear o Universo

ted_rita 03:14
03:18

e cobrar a toda a gente regalias pela sua existência.

ted_rita 03:21
03:24

Vou pegar agora na segunda grande questão:

ted_rita 03:24
03:28

Estamos sozinhos ou existe mais vida no universo?

ted_rita 03:32
03:35

Acreditamos que a vida despontou espontaneamente na Terra

ted_rita 03:35
03:40

por isso deve ser possível que a vida surja noutros planetas apropriados,

ted_rita 03:40
03:44

dos quais parece haver um elevado número na galáxia.

ted_rita 03:44
03:49

Mas não sabemos como é que a vida surgiu.

ted_rita 03:52
03:55

Temos duas peças de evidência observada

ted_rita 03:55
03:58

sobre a probabilidade da vida surgir.

ted_rita 04:00
04:03

A primeira é que temos fósseis de algas

ted_rita 04:03
04:06

de há 3.5 biliões de anos.

ted_rita 04:07
04:11

A Terra formou-se há 4.6 biliões de anos

ted_rita 04:11
04:15

e provavelmente era demasiado quente no primeiro meio bilião de anos.

ted_rita 04:21
04:23

Então a vida apareceu na Terra

ted_rita 04:23
04:26

meio bilião de anos antes de tal ser possível

ted_rita 04:27
04:30

que é curto comparado com o período de 10 biliões de vida

ted_rita 04:30
04:32

de um planeta tipo Terra.

ted_rita 04:33
04:38

Isto sugere que a probabilidade da vida aparecer é razoavelmente elevada.

ted_rita 04:38
04:42

Se fosse muito baixa, esperar-se-ia

ted_rita 04:42
04:46

que demorasse a maioria dos dez biliões de vida disponíveis.

ted_rita 04:46
04:51

Por outro lado, não parece que tenhamos sido visitados por extraterrestres.

ted_rita 04:52
04:55

Não estou a incluir os relatórios de OVNIs.

ted_rita 04:55
04:59

Porque é que eles apareceriam somente a pessoas excêntricas e estranhas?

ted_rita 05:02
05:06

Se há uma conspiração do governo para suprimir os relatórios

ted_rita 05:06
05:11

e manter secreto o conhecimento científico que os extraterrestres trazem,

ted_rita 05:11
05:15

parece ter havido uma política singularmente ineficaz até agora.

ted_rita 05:15
05:24

Além disso, apesar de uma longa pesquisa por parte do projecto SETI,

ted_rita 05:25
05:29

ainda não ouvimos nenhum concurso de televisão extraterrestre.

ted_rita 05:29
05:34

Isto provavelmente indica que não existem civilizações extraterrestres

ted_rita 05:34
05:36

no nosso estágio de desenvolvimento

ted_rita 05:36
05:40

num raio de umas quantas centenas anos-luz.

ted_rita 05:41
05:43

Fazer uma apólice de seguros

ted_rita 05:43
05:47

contra o rapto por extraterrestres parece ser uma boa aposta.

ted_rita 05:50
05:53

Isto traz-me à última das grandes questões:

ted_rita 05:53
05:55

o futuro da raça humana.

ted_rita 05:56
06:00

Se somos os únicos seres inteligentes na galáxia

ted_rita 06:00
06:03

devemos assegurar que sobrevivemos e temos continuidade.

ted_rita 06:07
06:11

Mas estamos a entrar num período de perigo crescente na nossa história.

ted_rita 06:11
06:20

A nossa população e o nosso uso dos recursos findáveis do planeta Terra

ted_rita 06:21
06:25

estão a crescer exponencialmente, juntamente com a nossas habilidades técnicas

ted_rita 06:25
06:28

de mudar o ambiente para melhor ou para pior.

ted_rita 06:32
06:34

Mas o nosso código genético

ted_rita 06:34
06:37

ainda transporta os instintos egoístas e agressivos

ted_rita 06:37
06:40

que foram vantajosos para a sobrevivência no passado.

ted_rita 06:40
06:47

Vai ser muito difícil evitar uma catástrofe

ted_rita 06:48
06:49

nos próximos cem anos,

ted_rita 06:49
06:52

sem falar dos próximos mil ou um milhão de anos.

ted_rita 06:56
06:59

A nossa chance de sobreviver a longo prazo

ted_rita 06:59
07:03

não é insistir em permanecer no planeta Terra

ted_rita 07:03
07:05

mas sim dispersarmo-nos pelo espaço.

ted_rita 07:05
07:10

As respostas a estas grandes questões

ted_rita 07:10
07:15

mostram que temos feito progressos notáveis nos últimos cem anos.

ted_rita 07:15
07:20

Mas se queremos continuar para além dos próximos cem anos,

ted_rita 07:20
07:22

o nosso futuro é no espaço.

ted_rita 07:22
07:26

É por isso que sou a favor de homens --

ted_rita 07:27
07:30

ou melhor dizendo, de tripulações espaciais.

ted_rita 07:30
07:40

Toda a minha vida procurei entender o universo

ted_rita 07:40
07:42

e encontrar respostas para estas perguntas.

ted_rita 07:42
07:45

Tive muita sorte

ted_rita 07:45
07:49

que a minha limitação não se tenha tornado uma deficiência grave;

ted_rita 07:49
07:54

na verdade, provavelmente deu-me mais tempo do que a maioria das pessoas

ted_rita 07:54
07:56

para enveredar na busca do conhecimento.

ted_rita 07:56
08:03

O objectivo final é a teoria completa do Universo

ted_rita 08:04
08:06

e estamos a fazer bons progressos.

ted_rita 08:06
08:11

Obrigado por escutarem.

ted_rita 08:14
08:17

Professor, se tivesse que dizer de qualquer maneira,

ted_rita 08:17
08:21

acredita que seja mais provável que o contrário,

ted_rita 08:21
08:24

estarmos sozinhos na Via Láctea

ted_rita 08:24
08:29

como uma civilização do nosso nível de inteligência ou superior?

ted_rita 08:45
08:51

Esta resposta demorou sete minutos e realmente deu-me um vislumbre

ted_rita 08:51
08:56

do incrível acto de generosidade que esta palestra foi para o TED.

ted_rita 09:06
09:11

Eu acho que é bastante provável que sejamos a única civilização

ted_rita 09:11
09:13

em muitas centenas de anos-luz,

ted_rita 09:14
09:17

caso contrário já teriamos ouvido ondas de rádio.

ted_rita 09:17
09:24

A outra possibilidade é que as civilizações não durem muito tempo

ted_rita 09:25
09:26

mas acabem por destruir-se.

ted_rita 09:26
09:31

Professor Hawking, obrigada por essa resposta.

ted_rita 09:32
09:34

Penso que vamos encará-la como um aviso salutar

ted_rita 09:34
09:37

para o resto da nossa conferência esta semana.

ted_rita 09:38
09:42

Professor, agradecemos imenso o esforço extraordinário que fez

ted_rita 09:42
09:45

para partilhar hoje as suas questões connosco.

ted_rita 09:45
09:46

Estamos sinceramente agradecidos. Muito obrigado.

ted_rita 09:46
09:54

(Aplausos)