Watch videos with subtitles in your language, upload your videos, create your own subtitles! Click here to learn more on "how to Dotsub"

Entrevista com Regina Spektor

0 (0 Likes / 0 Dislikes)
Isto é Sunday Morning na CBS e com vocês mais uma vez, Charles Osgood, A música é grande parte do sucesso da série CSI New York e uma das responsáveis por isso é uma jovem chamada Regina Spektor. Confiram a reportagem do quadro Take Note dessa manhã. Regina Spektor tinha só 6 anos quando seus pais a colocaram para estudar música clássica pela primeira vez. Aos 26, ela se transformou em uma das jovens cantoras e compositoras dos EUA mais aclamadas pela crítica. Nada mal para uma menina que não gostava de ensaiar. -Eu era preguiçosa e minha mae tinha que me mandar ensaiar. -É difícil de acreditar, escutando você cantar. -Bem, isso é gentil, obrigada! Um crítico descreveu a sua música como "comovente ao ponto de paralisar". A revista Rolling Stone classificou seu album Begin to Hope como um dos melhores álbuns do último ano e quando ela tocou em talkshows Conan O'Brien disse: -É uma das minhas apresentaçoes favoritas de qualquer pessoa em muito tempo! - Você não acha incrível estar cantando em inglês? - Não sei, para mim eu me expresso verdadeiramente em inglês. Mas ela nasceu na Rússia soviética, -Estes somos nós antes de ir embora. nos últimos anos da Guerra Fria - Esta sou eu e Marsha dançando no apartamento em Moscou. Sua mãe, professora de música e seu pai, que tocava o violino começaram sua educação musical cedo. - Ela tinha um professor ótimo na Rússia Então, aos 9, a Perestróika abriu uma porta para o Ocidente e sua família decidiu aproveitar. - Você estranhou muito? - Foi uma aventura, se faz filmes sobre isso. Os Spektors foram parar nos Bronx. - Vocês não tinham nenhuma família ou conhecidos aqui? - Não conhecíamos ninguém aqui Pior ainda, Regina teve que deixar para trás o piano da família. Ela ficou perdida sem ele. - Foi muito difícil para mim, eu ensaiava no parapeito da janela, nas mesas, sentia falta da conexão com ele. Finalmente, ela descobriu um piano na sua rua no porão de uma sinagoga do bairro. - Você vinha ensaiar aqui embaixo? - Sim, eu vinha o tempo todo O piano continua ali e continua desafinado. - É o mesmo velho piano... - Você tocava aqui quando era criança? - Sim. - Agora com vocês... Foi no palco da sinagoga que Regina deu seu primeiro recital americano. Aluna de música clássica, ela nunca almejou compor música. - Quando se toca música tão brilhante todos os dias, a última coisa que se quer fazer é tentar compor algo seu que é tosco e não tão bom. -Como se você não se sentisse digna de alguma maneira? -Sim, certamente não se sente digno, nem se deve! Mas as canções simplesmente fluem a ela, como a melodia que improvisou no intervalo da entrevista enquanto esperava na varanda dos avós. Com sua voz arrebatadora ela brinca com palavras e sons com o entusiasmo irrestrito de uma imigrante pela língua adotada. -Você gosta de brincar. -Sim, gosto! Por que não? É divertido e uma confirmação para si mesmo de sua liberdade. Regina começou cantando solo em cafés para platéias pequenas, porém deslumbradas. A notícia se espalhou e não é mais segredo. Agora, se ouve suas canções nas trilhas sonoras de séries de TV como Grey's Anatomy e CSI New York. O criador deste é um de seus maiores fãs. -Sua música me comoveu de tal forma que achei que mais pessoas no mundo deveriam escutá-la e a coloquei no programa imediatamente. Anthony Zuiker usou sua música em vários episódios. -Vou continuar a colocar suas canções, mas também convidá-la pessoalmente ao programa. Já elaborei um roteiro e sua estréia provavelmente será na temporada 4 de CSI NY. Mas Regina ainda desconfia do sucesso. -Meus avós fizeram 18 anos e a Segunda Guerra Mundial começou no dia seguinte, então tenho essa coisa bem Russa-Judaica: amanhã você pode receber um telefonema sobre algo maravilhoso ou pode ser sobre algo terrível. Ultimamente, as notícias só têm sido boas. Na sua última turnê Spektor esgotou dois shows no Town Hall de Nova York. -3 mil pessoas querem te ver... -Na minha cidade natal, é tão tocante! Tento não pensar a respeito, porque é bom demais! -Você percorreu um longo caminho desde as primeiras aulas de piano em Moscou! -Sim...você não vai me fazer chorar! Sou uma garota durona do Bronx! Ela se chama de "uma garota punk de música clássica do Bronx vinda de Moscou", o que faz de Regina Spektor um "original americano".

Video Details

Duration: 7 minutes and 33 seconds
Country: Brazil
Language: English
Views: 70
Posted by: mayabjohnson on Nov 27, 2010

Entrevista CBS com Regina Spektor

Caption and Translate

    Sign In/Register for Dotsub to translate this video.