Watch videos with subtitles in your language, upload your videos, create your own subtitles! Click here to learn more on "how to Dotsub"

Temple Grandin: The world needs all kinds of minds

0 (0 Likes / 0 Dislikes)
Acho que vou começar por falar um pouco sobre o que é o autismo O autismo é um retomar contínuo, que vai do estado mais severo, a criança mantém-se não verbal, até aos mais brilhantes cientistas e engenheiros E eu aqui sinto-me em casa, porque há muito de genética autista nesta sala, não me sinto muito estranha. É um retomar contínuo de traços, um pode ser "nerd" e depois descobre-se que tem Asperger, que é uma forma ligeira de autismo Quer dizer, o Einstein, o Mozart, e Tesla (Nikola) foram recentemente considerados individuos dentro do espectro. E uma das coisas que me preocupa é que fazer com que estes miúdos sejam aqueles que vão inventar as coisas relacionadas com energias do futuro que Bill Gates falava hoje de manhã. Ok, se querem compreender o Autismo e animais, e estou-vos a falar de outras formas de pensar Têm de se afastar do conceito da linguagem verbal Eu penso em imagens, eu não penso em linguagem Bem, o que se passa numa mente autista é que a nossa atenção fixa-se nos detalhes Este é um teste, vocês apercebem-se das letras grandes, eu apercebo-me das letras pequenas ... e a mente autista apercebe-se das letras pequenas ainda mais depressa. E o que se passa é que a mente normal ignora os detalhes. Se estão a construir uma ponte os detalhes são muito importantes, porque a ponte pode caír se ignorar-mos os detalhes E uma das minhas grandes preocupações é que os procedimentos hoje em dia estão cada vez mais abstractos ... as pessoas estão a deixar de "meter as mãos na massa" Preocupa-me muito que as escolas tenham abolido as aulas práticas Porque as disciplinas como a arte, e disciplinas relacionadas, essas são as disciplinas onde podemos brilhar. No meu trabalho com o gado, eu noto pequenos detalhes que a maior parte das pessoas nunca notaria e que faria o gado bloquear Como por exemplo, os movimentos de uma bandeira à entrada do edificio do veterinário Este pormenor denuncia logo o edificio do veterinário, e podiam evitar isso mudando o lugar onde colocam a bandeira. Movimentos rápidos, contraste No início dos anos 70 quando comecei, desloquei-me aos matadouros para ver "o que é que o gado via" As pessoas pensavam que era loucura Cores berrantes fazem o gado bloquear, as sombras fazem o gado bloquear, os buracos no chão fazem o gado bloquear. As pessoas não notavam nesses pormenores, as correntes penduradas, e isso nota-se perfeitamente no filme Na verdade adorei ver no filme, a forma como duplicaram todos os meu projectos Lá está o meu lado "geek", os meus desenhos também desempenharam um papel no filme Já agora, chama-se "Temple Grandin - Não pensando em Imagens" Então, o que é pensar em imagens, é literalmente ver filmes na vossa cabeça O meu cérebro é como o navegador do Google em imagens Quando eu era pequena, não sabia que a minha maneira de pensar era diferente, eu pensava que toda a gente pensava em imagens E depois quando escrevi o meu livro "Pensando em Imagens" comecei a entrevistar pessoas sobre a forma como pensavam. E fiquei chocada quando descobri que a minha forma de pensamento era muito diferente. Se eu por exemplo disser "pensem no campanário de uma igreja" a maior parte das pessoas tem uma ideia generalizada, mas se calhar não é bem verdade nesta sala mas vai ser verdade em muitos sítios diferentes Eu só vejo imagens específicas elas aparecem na minha memória, tal como o Google para Imagens E no filme eles têm uma cena muito boa, onde a palavra "sapato" é dita E aparece um monte de imagens de sapatos dos anos 50 e 60 a saltitar na minha imaginação Ok, aqui está a igreja da minha infância, é uma coisa específica. Aqui temos mais uns exemplos em Fort Collins Ok, e que tal exemplos famosos E eles aparecem todos mais ou menos assim muito depressa, tal como no Google para imagens E aparece uma imagem de cada vez e eu penso Bem, se nevar, ou trovejar eu posso editar as imagens e fazer uns videos. O pensamento visual foi um bem precioso no meu trabalho a desenhar instalações para acondicionar gado E trabalhei arduamente para tentar provar como é que o gado é tratado nos matadouros, não vou aqui projectar slides de matadouros para patos Tenho esses filmes no youtube, se os quiserem ver Mas Uma das coisas que eu consigo fazer no meu trabalho de design É que consigo testar cada peça de equipamento no meu cérebro Como um sistema computorizado de realidade virtual E aqui temos uma vista aérea de uma recriação de um dos meus projectos que foi usado no filme, parece mesmo fantástico! No filme trabalharam muitas pessoas com vários tipos de autismo e asperger. Mas uma das coisas que me preocupa muito é para onde vão as versões mais novas dessas pessoas hoje em dia. Não estão a ser direccionados para Silicone Valley como deviam. Mas uma das coisas que aprendi muito jovem porque não era assim muito sociável foi que tinha de vender o meu trabalho e não a mim própria. E da mesma maneira como vendi soluções para gado, mostrei os meus desenhos e mostrei desenhos de coisas. Outra coisa que me ajudou, em criança, bem, nos anos 50 ensinavam-nos maneiras Ensinavam-nos que não podíamos tirar a mercadoria das prateleiras e deixá-la espalhada Agora, quando os miudos chegam ao terceiro ou quarto ano, podemos ver que este miudo vai ser um pensador visual quando desenha as perspectivas Atenção, quero deixar claro que nem todas as crianças autistas são pensadores visuais Fiz um TAC há uns anos, e costumava brincar, a dizer que tinha ligação gigantesca de fios de internet no fundo do meu cortex visual. Isto são imagens de uma ressonância magnética E a minha ligação gigantesca de cabos de internet tem o dobro do tamanho das normais aquelas linhas vermelhas grandes são minhas, as azuis são as de um individuo do mesmo sexo e idade normal. E aqui eu tenho uma ligação gigantesca e a outra pessoa, a azul, tem uma ligação muito pequena E algumas pesquisas agora mostram que as pessoas no espectro pensam com o cortex primário visual. O que se passa é que o pensador visual tem um funcionamento cerebral muito diferente O cérebro autista é um cérebro especializado, bom numa coisa, mau noutra coisa qualquer. E no que eu era má era em álgebra. E nunca me deixaram estudar geometria ou trigonometria Um erro gigantesco, tenho encontrado muitos miudos que não precisam de estudar álgebra e precisam directamente de ir para geometria ou trigonometria Um outro tipo de pensadores são os pensadores por padrões Mais abstractos, estes são os vossos engenheiros, os vossos programadores de computador. Isto é o pensamento por padrões Aquele louva-a-deus é feito de uma única folha de papel, sem fita cola, sem cortes e como fundo temos o padrão para o dobrar e fazer Aqui estão os tipos de pensamento, os pensadores visuais foto-realisticos, como eu Pensamento por padrões, mentes musicais e matemáticas Muitas vezes estes têm problemas em aprender a ler Podem obsevar o mesmo tipo de problemas em crianças com dislexia podem ver estes tipos diferentes de pensamento. E depois há o pensamento verbal Estes sabem os factos sobre todos os assuntos. Outro aspecto são os factores sensoriais Estava muito preocupada por ter de usar este objecto na minha orelha Vim para cá meia hora mais cedo para mo colocarem e eu me poder habituar a ele, e a produção torceu-o de forma a não tocar no meu queixo Mas a parte sensorial é um problema. Algumas crianças ficam incomodadas com luzes fluorescentes, outros têm demasiada sensibilidade ao som como sabem, isso pode variar Agora, o pensamento visual dá-me uma visão muito profunda da forma de pensar dos animais porque, pensem nisso, os animais são pensadores baseados nos sentidos, não são verbais Pensam em imagens. Pensam em sons. Pensam em cheiros. Pensam na quantidade de informação que existe na boca de incêndio local. Ele sabe quem esteve lá, quando esteve lá, se é amigo ou inimigo, se é alguém com quem pode acasalar. Há uma quantidade enorme de informação naquela boca de incêndio É um género de informação muito detalhada E aperceber-me deste género de informação deu-me uma grande visão sobre os animais Então, o cérebro animal, assim como o meu, armazena a informação baseada nos sentidos em categorias Um homem a cavalo, e um homem no chão são vistas como coisas completamente diferentes Podem ter um cavalo que foi maltratado pelo cavaleiro. Ele terá um bom comportamento com o veterinário e com o ferreiro, mas não o conseguirão montar E com outro cavalo, que tenha sido maltratado pelo ferreiro, por exemplo terá um mau comportamento em tarefas de chão, com o veterinário mas qualquer um o consegue montar. O gado comporta-se da mesma forma. Um homem a cavalo, ou um homem no chão, são duas coisas diferentes Estão a ver, é uma imagem diferente. Quero que percebam o quão específico isto é. Agora, sobre esta capacidade de armazenar em categorias, encontro muita gente que não é muito boa a fazê-lo. Quando analiso problemas de equipamentos ou problemas com alguma coisa numa fábrica muitas vezes não conseguem compreender, "tenho uma falha na formação do pessoal" ou "será que escolhi os equipamentos errados?" Noutras palavras, associam problemas de equipamentos com problemas de pessoas, encontro muita gente que tem dificuldade em fazê-lo. Agora, digamos que descobri que é um problema de equipamento, é um problema pequeno e simples que eu possa resolver? Ou é o design do sistema que está todo errado? As pessoas têm muita dificuldade em descobrir o que se passa. Pensemos numa coisa como, por exemplo, solucionar problemas tornando as ligações aéreas mais seguras. Sim, sou uma passageira com um milhão de milhas, viajo imenso de avião E se eu fosse da FAA, qual seria o meu objecto de observação directa? Seriam as caudas dos aviões... sabem, em cinco acidentes fatais nos últimos 20 anos, a cauda saltou, ou as ligações hidráulicas partiram-se dentro da cauda de uma forma qualquer São as caudas, pura e simplesmente E quando os pilotos andam pelo interior do avião, adivinhem, não conseguem ver o que se passam no interior da cauda. Sabem uma coisa, agora que penso nisso, estou a recolher toda a informação específica É específica. Por isso, como podem ver, o meu pensamento é ao contrário. Eu pego nos pedacinhos todos e depois junto-os todos como se fossem um puzzle. Agora, imaginem um cavalo com um medo mortal de vaqueiros com chapéus pretos. Ele foi maltratado por alguém que usava um chapéu de vaqueiro preto, ele não tem medo de chapéus de vaqueiros brancos, O que se passa é que o mundo vai precisar que todas as formas de pensamento trabalharem juntas Temos de trabalhar no desenvolvimento de todos estes tipos de pensamento. E uma das coisas que dá comigo em doida, quando viajo pelo mundo e faço conferências sobre autismo é que vejo uma enorme quantidade de miúdos inteligentes, um pouco geeks e nerds E eles não são muito sociáveis. E ninguém está a trabalhar em desenvolver os seus interesses em coisas como a ciência. E tudo isto leva-me a falar do meu professor de ciências o meu professor de ciências é maravilhosamente ilustrado no filme. Eu era uma estudante meio tonta, quando estava no secundário não queria estudar até que comecei a ter aulas de ciências com o professor Carlock. Ele passou a ser o doutor Carlock no filme E ele desafiou-me a descobrir o funcionamento de uma sala de ilusão de óptica. E isto leva ao vocês terem de mostrar aos vossos filhos coisas interessantes. Sabem, uma das coisas que eu acho que talvez o TED devia fazer era informar todas as escolas sobre as conferências brilhantes que existem no TED e fazer saber que existe uma série de coisas espectaculares na internet, para estimular esses miúdos porque eu contacto com esses miúdos inteligentes, um pouco geeks e nerds, e os professores do midwest, e de outras partes do país quando nos afastamos das zonas tecnológicas eles não sabem o que fazer com esses miúdos. E eles não estão a percorrer os caminhos certos. A questão é que se pode moldar a mente para ser mais ligada ao pensamento e à área cognitiva Ou também a podem moldar para ser mais sociável E o que as pesquisas sobre o autismo estão a revelar é que podemos ter ligações extra aqui na verdadeira mente brilhante e que perdemos alguns circuitos sociais aqui. É uma espécie de troca entre ser pensador e ser sociável E podemos chegar ao extremo em que a troca é tão severa que vamos ter uma pessoa não-verbal. No pensamento normal dos humanos a linguagem está aliada ao pensamento visual que partilhamos com os animais. Este é o trabalho do Dr. Bruce Miller Ele estudou pacientes com a doença de Alzheimer que desenvolveram demência no lobo frontal temporal. E a demência devorou as zonas cerebrais ligadas à linguagem e esta obra de arte surgiu de alguém que costumava instalar sistemas de som em carros Ora bem, o Van Gogh não nada sobre física mas o que eu acho muito interessante é que há alguns estudos que provam que o tipo de padrão ondulado nesta pintura seguia um modelo estatístico de turbulência o que nos leva a uma ideia interessantíssima, de que alguns destes modelos matemáticos existem no nosso cérebro E todas aquelas ideias do Wolfram de quem costumava tirar notas, eu escrevia todas as palavras para pesquisar que me pudessem ser úteis nas minhas conferências de autismo Temos de mostrar a estes miudos coisas interessantes. E eles cortaram as aulas de mecânica e de projeccionismo, e as aulas de arte! Quer dizer, eu era a melhor aluna da aula de arte na minha escola. Temos de pensar em todos estes tipos diferentes de pensamento. E é absolutamente necessário trabalhar com estes tipos de pensamento, porque no futuro vamos precisar muito deste género de gente. E vamos falar de empregos Ok, o meu professor de ciências conseguiu que eu estudasse porque eu era meio tonta e não queria estudar. Mas sabem que mais? Eu estava a juntar experiência de trabalho. Eu vejo demasiados miudos inteligentes que não aprenderam as coisas básicas, tais como chegar a horas Ensinaram-me isso quando tinha oito anos Sabem, como ter maneiras à mesa na festa de domingo da avó ensinaram-me isso quando eu era muito novinha. E aos treze anos arranjei trabalho numa costureira a cozer roupa Fui estudante interna na faculdade Eu estava a construir coisas. E também tive de aprender a fazer os trabalhos. Sabem, tudo o que eu queria fazer era desenhar cavalos quando era pequena e a minha mãe dizia "bem, vamos fazer o desenho de outra coisa qualquer" Eles têm de aprender a fazer outras coisas Consideremos, a criança tem uma fixação por Legos. Vamos pô-lo a construir coisas diferentes. O que acontece é que a mente autista tende a fixar-se. Por exemplo, se a criança adora carros de corrida, usamos carros de corrida para lhe ensinar matemática. Vamos descobrir quanto tempo leva um carro a percorrer uma certa distância. Ou seja, usem essa fixação para motivar a criança, é uma das coisas que nós precisamos que façam connosco. Fico sempre sem paciência quando eles, sabem, os professores, especialmente quando nos afastamos desta parte do país eles não sabem o que fazer com estes miúdos inteligentes Isso põem-me louca! O que é que os pensadores visuais podem fazer quando forem adultos? Podem ser designers gráficos, trabalhar em todo o género de coisas em computadores fotografia, design industrial Os pensadores por padrões, eles é que poderão ser os vossos matemáticos, os vossos engenheiros de software, os vossos programadores de computadores e fazer todo esse género de trabalhos E têm os pensadores por escrita, eles são grandes jornalistas. E também costumam ser grandes actores de palco, uma das coisas que aprendi por ser autista foi que tive de aprender a parte social como se estivesse a fazer teatro. É mais ou menos isso, que nós temos de aprender. E nós temos de trabalhar com estes estudantes, e isto leva-nos a falar de mentores. Sabem, o meu professor de ciências não era um professor acreditado, ele era cientista espacial na NASA. Agora em alguns estados, se tiverem uma licenciatura em biologia ou química, podem ir para uma escola ensinar biologia ou química. Precisamos de fazer isso. Porque o que eu vejo é que os melhores professores para esses miúdos, só se encontram fora das comunidades universitárias. Mas precisamos de trazer alguns destes bons professores para as escolas secundárias. Outra coisa que pode ter muito, muito sucesso, é que há muita gente reformada da indústria do software e eles podem ensinar os vossos filhos e não importa que lhes ensinem coisas antigas porque o que estão a fazer é acender a chama, estão a motivar aquela criança. E quando eles estiverem motivados, vão querer aprender coisas novas. Os mentores são essenciais, não é demais enfatizar, o que o meu professor de ciências fez por mim e temos de ser seus mentores, contratá-los! E se os deixarem estagiar nas vossas empresas, o que se passa com o autismo o tipo de pensamento aspergiano, têm de lhes dar uma função específica não lhes digam só "desenha um novo software" Têm de lhes dar uma ideia mais específica "Bem, estamos a desenhar o software para um telefone e tem de fazer uma coisa específica" "E só pode usar uma certa quantidade de memória" É o tipo de especificidade de que nós precisamos. Bem, é o final da minha conversa e quero agradecer a todos por terem vindo. Foi muito bom estar aqui Ah, tem uma pergunta para mim? Ok. Obrigado. (Chris Anderson) Muito obrigado por me responder. Sabe, uma vez escreveu, e adoro esta citação "se por um passe de mágica o autismo fosse erradicado da face da terra então o homem ainda estaria a socializar em frente a uma fogueira à entrada de uma caverna" Porque quem é que vocês pensam que inventou a primeira lança de pedra? O tipo com Asperger. E se vocês se vissem livres de toda a genética do autismo, nunca existiria nenhum Silicon Valley e a crise energética nunca teria sido solucionada. Então, vou-lhe fazer mais umas perguntas, e se lhes parecerem inapropriadas, eu passo à próxima pergunta. Ok... Mas, se alguém aqui tiver uma criança autista, ou conhece uma criança autista, e se sente isolado delas, que conselho lhes dá? Bem, primeiro temos de ter em conta a idade se temos uma criança com 2, 3 ou 4 anos, sem, sabem, falar, sem interacção social tenho de insistir nisto, NÃO ESPEREM, precisam pelo menos de 20 horas semanais de aulas um a um Vocês sabem, o autismo existe em vários graus Metade das pessoas no espectro nunca aprenderão a falar, e não conseguirão arranjar emprego. Para eles Silicon Valley não seria uma coisa razoável Mas depois temos os miúdos inteligentes meio geeks com um grau mais leve, e esses têm de ser motivados para fazerem coisas interessantes. Eu desenvolvi aspectos sociais por meio de interesses partilhados. Eu aprendi a andar a cavalo com outros miúdos. Eu fiz modelos de foguetões espaciais com outros miúdos Tive aulas de electrónica com outros miúdos e depois nos anos 60 andei a colar espelhos numa membrana de um altifalante para fazer um espectáculo de luzes e posso dizer, nós considerávamos aquilo o máximo! É irrealista para os pais pensarem que aquela criança os ama, como alguns pensam, ou desejam? Bem, posso dizer-vos que aquela criança ser-vos-à leal e se a casa estiver em chamas, eles farão tudo para vos tirar de lá. Wow. Bem,se perguntar à maior parte das pessoas quais são as coisas que mais amam dirão que são "os meus filhos", ou "o meu amante", ou O que é que ama mais? Eu amo o facto de as coisas que eu faço irão tornar o mundo num sítio melhor Quando a mãe de um autista me diz "o meu filho foi para a faculdade por causa do seu livro, ou de uma das suas conferências" Isso faz-me muito feliz. Sabe, os matadouros, trabalhei com eles nos anos 80 eram absolutamente horríveis. Eu desenvolvi um sistema de pontuação simples para matadouros onde se podiam analisar os resultados, o número de gado abatido, quantos eram abatidos manualmente, quantos mugiam de medo. E é muito, muito simples, basta observar directamente uma quantidade de coisas simples. E funcionou muito bem. Eu fico satisfeita por notar em coisas que fazem realmente a diferença no mundo real Precisamos muito mais do que isso, e muito menos de coisas abstractas. Quando falámos ao telefone, uma das coisas que disse que me surpreendeu muito foi que uma das coisas que adora são os armazéns de servidores. Fale-nos sobre isso. Bem, a razão porque gostei tanto deles quando li sobre eles é porque contêm sabedoria. São bibliotecas. E para mim a sabedoria é uma coisa extremamente valiosa Talvez porque há uns dez anos tivemos uma inundação na biblioteca e isto foi antes da internet se tornar gigantesca e fiquei muito aborrecida porque os livros estragaram-se todos, porque todo aquele conhecimento foi destruído. E os armazéns de servidores, ou centros de dados, são grandes bibliotecas de conhecimento. Temple, posso só dizer-lhe que foi um grande prazer tê-la aqui no TED, muito obrigado. Muito obrigada. Obrigada!

Video Details

Duration: 20 minutes and 13 seconds
Country: United States
Language: English
Views: 132
Posted by: boazbm on Mar 3, 2010

Temple Grandin, diagnosed with autism as a child, talks about how her mind works -- sharing her ability to "think in pictures," which helps her solve problems that neurotypical brains might miss. She makes the case that the world needs people on the autism spectrum: visual thinkers, pattern thinkers, verbal thinkers, and all kinds of smart geeky kids.

Caption and Translate

    Sign In/Register for Dotsub to translate this video.