Watch videos with subtitles in your language, upload your videos, create your own subtitles! Click here to learn more on "how to Dotsub"

Annotated captions of Julian Assange: Why the world needs WikiLeaks in Portuguese (Portugal)

Last Modified By Time Content
hs53 00:00
00:02

Chris Anderson: Bem-vindo, Julian.

hs53 00:02
00:04

Diz-se que a WikiLeaks, o seu bebé,

hs53 00:04
00:06

tem... nos últimos anos

hs53 00:06
00:09

tem publicado mais documentos classificados

hs53 00:09
00:11

do que todos os média do resto do mundo.

hs53 00:11
00:13

Isso pode ser verdade?

hs53 00:13
00:15

Julian Assange: Sim, será que pode ser?

hs53 00:15
00:18

É preocupante -- não é? -- que os média do resto do mundo

hs53 00:18
00:20

estejam a fazer tão pouco

hs53 00:20
00:22

que um pequeno grupo de activistas

hs53 00:22
00:24

seja capaz de publicar mais

hs53 00:24
00:26

informação desse tipo

hs53 00:26
00:28

do que o resto da imprensa mundial.

hs53 00:28
00:30

CA: Como é que é?

hs53 00:30
00:33

Como é que publicam os documentos?

hs53 00:33
00:36

E como é que asseguram a privacidade?

hs53 00:36
00:38

JA: Portanto, tanto quanto podemos dizer,

hs53 00:38
00:40

temos os clássicos informadores.

hs53 00:40
00:42

E há uma série de formas para eles

hs53 00:42
00:44

nos transmitirem as informações.

hs53 00:44
00:46

Usamos apenas a encriptação mais elaborada e recente

sofianunes 00:46
00:48

para fazer passar informação na Internet sem deixar rasto,

hs53 00:48
00:50

fazê-la passar através da jurisdição legal

hs53 00:50
00:53

da Suécia ou da Bélgica

hs53 00:53
00:56

a fim de a proteger legalmente.

hs53 00:57
00:59

Recebemos informação no correio,

hs53 00:59
01:02

o correio normal,

hs53 01:02
01:04

encriptada ou não,

hs53 01:04
01:07

verificamo-la como qualquer organização noticiosa, formatamo-la,

hs53 01:07
01:10

o que às vezes é muito difícil de fazer

hs53 01:10
01:12

quando falamos de

hs53 01:12
01:14

bases de dados gigantescas --

hs53 01:14
01:16

publicamo-la

hs53 01:16
01:18

e depois defendemo-nos

hs53 01:18
01:21

dos inevitáveis ataques políticos e legais.

hs53 01:21
01:23

CA: Então, vocês esforçam-se por assegurar

hs53 01:23
01:25

que os documentos são verdadeiros.

hs53 01:25
01:27

Mas, na verdade,

hs53 01:27
01:30

quase nunca sabem a identidade da fonte.

hs53 01:30
01:33

JA: É verdade. Só muito raramente.

hs53 01:34
01:37

E se a chegamos a descobrir,

hs53 01:37
01:40

destruimos essa informação o mais rapidamente possível.

hs53 01:40
01:42

(Um telefone toca) C'os diabos.

hs53 01:42
01:46

(Risos)

hs53 01:46
01:48

CA: Deve ser a CIA para saber qual o código

hs53 01:48
01:50

para ser membro daTED.

hs53 01:50
01:53

(Risos)

hs53 01:53
01:55

Vamos então ver um exemplo.

sofianunes 01:55
01:57

Isto é algo

sofianunes 01:57
01:59

que foi publicado por vocês há alguns anos.

hs53 01:59
02:01

Se pudermos ver este documento...

hs53 02:01
02:03

Passou-se no Quénia há alguns anos.

hs53 02:03
02:06

Pode dizer-nos o que publicaram e o que aconteceu?

hs53 02:06
02:08

JA: Isto é o relatório Kroll.

hs53 02:08
02:11

É um relatório dos serviços secretos

sofianunes 02:11
02:13

que foi pedido pelo governo Queniano

hs53 02:13
02:16

depois da sua eleição em 2004.

hs53 02:16
02:18

Até 2004, o Quénia tinha sido governado

hs53 02:18
02:20

por Daniel arap Moi

hs53 02:20
02:22

durante 18 anos.

sofianunes 02:22
02:25

Era um ditador 'fraco' do Quénia.

hs53 02:25
02:27

Quando Kibaki subiu ao poder --

hs53 02:27
02:29

através de uma coligação de forças que tentavam

hs53 02:29
02:31

acabar com a corrupção no Quénia --

hs53 02:31
02:33

pediram este relatório,

hs53 02:33
02:35

gastaram cerca de dois milhões de libras

hs53 02:35
02:37

neste relatório e num outro.

hs53 02:37
02:40

O governo aproveitou-se

hs53 02:40
02:42

e usou-o para ter uma vantagem política sobre Moi,

hs53 02:42
02:44

que era o homem mais rico --

hs53 02:44
02:47

ainda é o homem mais rico -- do Quénia.

sofianunes 02:47
02:50

É o Santo Graal do jornalismo Queniano.

hs53 02:50
02:53

Eu estive lá em 2007

hs53 02:53
02:55

e conseguimos obter isto

hs53 02:55
02:57

mesmo antes das eleições --

hs53 02:57
03:00

as eleições nacionais a 28 de Dezembro.

hs53 03:02
03:05

Quando publicámos este relatório,

hs53 03:05
03:08

fizémo-lo três dias após o novo presidente, Kibaki,

hs53 03:08
03:10

ter decidido tornar-se amigo do

hs53 03:10
03:12

homem que ia erradicar,

hs53 03:12
03:14

Daniel arap Moi.

hs53 03:14
03:17

Assim, este relatório

sofianunes 03:17
03:19

acabou por tornar-se um incómodo

hs53 03:19
03:22

enorme para o presidente Kibaki.

hs53 03:23
03:26

CA: E -- para chegar ao fim da história --

hs53 03:26
03:29

a notícia sobre o relatório chegou ao Quénia,

hs53 03:29
03:32

não através dos meios de comunicação oficiais, mas indirectamente.

hs53 03:32
03:35

E na vossa opinião, mudou os resultados das eleições.

hs53 03:35
03:38

JA: Sim. Foi primeira página do Guardian

hs53 03:38
03:41

e foi publicado nos países limítrofes do Quénia,

hs53 03:41
03:44

na Tanzânia e na África do Sul.

hs53 03:44
03:46

Veio a partir do exterior.

hs53 03:46
03:48

O que fez com que, após alguns dias,

sofianunes 03:48
03:50

a imprensa Queniana se sentisse à vontade para falar do assunto.

sofianunes 03:50
03:53

E foi falado na TV Queniana durante 20 noites seguidas,

hs53 03:53
03:56

mudou o sentido de voto em 10 por cento

hs53 03:56
03:58

de acordo com os relatórios dos serviços secretos locais,

hs53 03:58
04:00

o que mudou os resultados das eleições.

hs53 04:00
04:02

CA: Uau, então o segredo que vocês publicaram

hs53 04:02
04:04

realmente mudou o mundo de uma forma substancial?

hs53 04:04
04:06

JA: Sim.

hs53 04:06
04:10

(Aplausos)

hs53 04:10
04:12

CA: Agora vamos só mostrar

hs53 04:12
04:15

um pequeno clipe deste

hs53 04:15
04:17

ataque aéreo em Bagdad.

hs53 04:17
04:19

O vídeo é mais longo.

hs53 04:19
04:21

Mas aqui está um pequeno clipe.

hs53 04:21
04:24

Isto -- devo avisar que tem imagens impressionantes.

hs53 04:24
04:27

Rádio: ... logo que cheguem lá, dêem-lhes em cima.

hs53 04:27
04:31

Estou a ver, ah, há cerca de quatro Humvees, ah, ao longo...

hs53 04:31
04:34

Podem avançar. Tudo bem. Fogo.

hs53 04:34
04:37

Digam-me quando os tiverem na mira. Disparem.

hs53 04:37
04:39

Dêem cabo deles todos.

hs53 04:39
04:41

Vá, fogo!

hs53 04:41
04:44

(Tiros de metralhadora)

hs53 04:44
04:47

Continuem a atirar. Continuem a disparar.

hs53 04:47
04:50

(Tiros de metralhadora)

hs53 04:50
04:53

Continuem a disparar.

hs53 04:53
04:55

Hotel ... Bushmaster Dois-Seis, Bushmaster Dois-Seis,

hs53 04:55
04:57

temos de nos despachar, agora!

hs53 04:57
05:00

Está bem, já atingimos os oito indivíduos.

hs53 05:00
05:03

Sim, estamos a ver dois e ainda continuamos a disparar.

hs53 05:03
05:05

Roger. Já os apanhei.

hs53 05:05
05:07

Dois-Seis, aqui Dois-Seis, ....

hs53 05:07
05:09

É pá, desculpa. O que se passa?

hs53 05:09
05:11

C'os diabos, Kyle. Está bem, ahahah. Apanhei-os.

hs53 05:14
05:17

CA: Que impacto é que isto teve?

hs53 05:17
05:20

JA: Isto teve um impacto enorme

hs53 05:20
05:22

nos que trabalharam nisto.

hs53 05:22
05:24

Acabámos por mandar duas pessoas a Bagdade

hs53 05:24
05:26

para investigar esta história.

hs53 05:26
05:29

Este é só o primeiro de três ataques

hs53 05:29
05:31

que ocorreram naquele sítio.

hs53 05:31
05:33

CA: Morreram 11 pessoas nesse ataque, não foi,

hs53 05:33
05:35

incluindo dois funcionários da Reuters?

hs53 05:35
05:37

JA: Sim. Dois funcionários da Reuters,

hs53 05:37
05:40

e duas crianças pequenas feridas.

hs53 05:40
05:43

No total, entre 18 e 26 pessoas mortas.

hs53 05:43
05:45

CA: E esta notícia provocou

hs53 05:45
05:47

indignação generalizada.

hs53 05:47
05:49

O que é que acha que provocou

hs53 05:49
05:52

essa indignação?

hs53 05:52
05:54

JA: Não sei, acho que talvez tivesse sido

hs53 05:54
05:57

a enorme desigualdade de forças.

hs53 05:57
05:59

Temos uma série de pessoas a andarem pela rua descontraídas

hs53 05:59
06:02

e um helicóptero Apache parado no ar

hs53 06:02
06:04

a disparar balas de canhão de 30 milímetros

hs53 06:04
06:06

sobre toda a gente --

hs53 06:06
06:09

à procura de qualquer pretexto para o fazer --

hs53 06:09
06:11

e a matar os que pretendiam salvar os feridos.

hs53 06:11
06:14

E havia dois jornalistas, que obviamente não eram rebeldes

hs53 06:14
06:16

porque esse é o seu trabalho.

hs53 06:18
06:21

CA: E depois prenderam um analista dos serviços secretos americanos,

hs53 06:21
06:23

Bradley Manning.

hs53 06:23
06:26

Alegadamente terá confessado num chat

hs53 06:26
06:29

ter-vos entregado este vídeo

sofianunes 06:29
06:31

juntamente com 280 000

hs53 06:31
06:33

comunicações secretas de embaixadas dos E.U.A.

hs53 06:33
06:36

É verdade?

hs53 06:36
06:38

JA: Bom, nós já negámos ter recebido esses telegramas.

hs53 06:38
06:40

Ele foi acusado

hs53 06:40
06:42

há cerca de cinco dias

sofianunes 06:42
06:45

de ter obtido 150 000

hs53 06:45
06:47

e publicado 50.

hs53 06:47
06:50

Nós publicámos

hs53 06:50
06:52

no princípio do ano

hs53 06:52
06:55

uma mensagem da embaixada dos E.U. em Reiquiavique.

hs53 06:56
06:58

Mas os dois factos não se encontram necessariamente ligados.

hs53 06:58
07:00

Quer dizer, eu costumava visitar essa embaixada.

hs53 07:00
07:02

CA: Bom, se vocês receberam milhares

sofianunes 07:02
07:05

de comunicações diplomáticas de embaixadas dos E.U. ...

hs53 07:05
07:07

JA: Tê-las-íamos publicado. (CA: Ah sim?)

hs53 07:07
07:10

JA: Sim. (CA: Porque...)

hs53 07:10
07:12

JA: Porque este tipo de coisas

hs53 07:12
07:15

nos dizem muito sobre o verdadeiro estado

hs53 07:15
07:17

de, digamos,

hs53 07:17
07:19

como os governos árabes são na realidade,

hs53 07:19
07:22

os abusos dos direitos humanos cometidos por esses governos.

hs53 07:22
07:24

Se lermos comunicações que já não são secretas,

hs53 07:24
07:26

é esse o tipo de material que se encontra.

hs53 07:26
07:28

CA: Vamos falar de uma forma mais geral, então.

hs53 07:28
07:30

Em geral, qual é a vossa filosofia?

hs53 07:30
07:32

Porque é que é legítimo

hs53 07:32
07:35

encorajar as fugas de informação secreta?

hs53 07:36
07:39

JA: Temos de considerar que tipo de informação é importante para o mundo,

hs53 07:39
07:41

que tipo de informação

hs53 07:41
07:43

pode ter consequências a nível de reformas.

hs53 07:43
07:45

E há imensa informação.

sofianunes 07:45
07:47

Então, a informação que as organizações

hs53 07:47
07:50

se esforçam por esconder sem olharem a custos,

hs53 07:50
07:52

isso é um bom sinal

hs53 07:52
07:54

de que, quando a informação vem ao de cima,

hs53 07:54
07:56

deve resultar algo de bom disso.

hs53 07:56
07:58

Porque as organizações que a conhecem melhor,

hs53 07:58
08:00

que sabem tudo sobre o assunto,

hs53 08:00
08:03

se dão ao trabalho de a esconder.

hs53 08:03
08:05

Foi isso que a prática nos ensinou.

hs53 08:05
08:08

É essa a história do jornalismo.

hs53 08:08
08:11

CA: Mas isso não constitui um risco,

hs53 08:11
08:14

quer para os indivíduos envolvidos,

hs53 08:14
08:16

quer para a sociedade em geral,

hs53 08:16
08:18

quando a fuga de informação pode ter na verdade

hs53 08:18
08:20

consequências inesperadas?

hs53 08:20
08:22

JA: Não em nada que nós tivéssemos publicado.

hs53 08:22
08:24

Quer dizer, nós seguimos uma política que nos defende.

hs53 08:24
08:26

Temos uma forma de lidar com a informação

hs53 08:26
08:28

que tem uma espécie de --

hs53 08:28
08:30

identificar pessoalmente a informação.

hs53 08:31
08:34

Mas existem segredos legítimos --

hs53 08:34
08:37

por exemplo, os registos médicos de cada um;

hs53 08:37
08:39

esse é um segredo legítimo.

hs53 08:39
08:41

Mas nós lidamos com informadores

hs53 08:41
08:44

que têm motivos válidos.

hs53 08:44
08:46

CA: Portanto são bem intencionados.

hs53 08:46
08:48

E o que é que diria, por exemplo,

hs53 08:48
08:51

aos pais de alguém --

hs53 08:51
08:54

cujo filho se encontra a servir os E.U. como militar,

sofianunes 08:54
08:56

que vos diga, "Sabem,

hs53 08:56
08:58

vocês trouxeram a público algo que deveria ser calado.

sofianunes 08:58
09:00

Mostra-nos um soldado Americano a rir-se

hs53 09:00
09:02

de pessoas que estão a morrer.

hs53 09:02
09:04

O que dá a impressão -- deu a impressão

hs53 09:04
09:06

a milhões de pessoas no mundo

sofianunes 09:06
09:08

de que os soldados Americanos são desumanos.

sofianunes 09:08
09:10

Na verdade, não o são. O meu não é. Como é que se atrevem?"

hs53 09:10
09:12

Como é que responderia a isso?

hs53 09:12
09:14

JA: Sim, temos muitas reacções dessas.

hs53 09:14
09:16

Mas, lembre-se que as pessoas em Bagdade,

hs53 09:16
09:19

as pessoas no Iraque, as pessoas no Afeganistão --

hs53 09:19
09:21

elas não precisam de ver este vídeo;

hs53 09:21
09:23

elas vêem-no todos os dias.

sofianunes 09:23
09:26

Portanto, não vai mudar a sua opinião. Não vai mudar a sua percepção.

hs53 09:26
09:28

Isto é o que vêem todos os dias.

hs53 09:28
09:31

Vai mudar a percepção e a opinião

hs53 09:31
09:33

dos que estão a pagar por tudo isto.

hs53 09:33
09:36

Essa é a nossa esperança.

hs53 09:36
09:39

CA: Portanto, vocês encontraram uma forma de trazer a público

hs53 09:39
09:42

o que sabem,

hs53 09:42
09:45

como estes segredos sombrios de empresas e de governos.

hs53 09:46
09:48

O conhecimento é benéfico.

hs53 09:48
09:50

Mas não vê a ironia no facto de que,

hs53 09:50
09:52

para trazerem à luz do dia toda essa informação,

hs53 09:52
09:54

vocês mesmos têm de

hs53 09:54
09:57

criar sigilo sobre as vossas fontes?

hs53 09:57
10:00

JA: Nem por isso. Quer dizer, por enquanto ainda não temos

hs53 10:00
10:03

quaisquer dissidentes da WikiLeaks.

hs53 10:04
10:07

Não temos fontes dissidentes de outras fontes.

hs53 10:08
10:11

Se aparecessem, isso seria complicado para nós.

hs53 10:11
10:14

Mas nós agimos de tal forma que

hs53 10:14
10:16

as pessoas se sentem

hs53 10:16
10:18

moralmente obrigadas

hs53 10:18
10:21

a continuarem a nossa missão e não a arruiná-la.

sofianunes 10:22
10:25

CA: Na verdade, eu gostaria, e baseado apenas naquilo que ouvimos até agora --

hs53 10:25
10:28

sinto-me curioso sobre o que o nosso público pensa.

hs53 10:30
10:32

Deve haver pontos de vista diferentes

hs53 10:32
10:34

sobre a WikiLeaks e o Julian.

hs53 10:34
10:37

Estão a ver, um herói,

hs53 10:37
10:40

que nos faz mudar de perspectiva.

hs53 10:40
10:42

Ou um perigoso agitador.

hs53 10:43
10:46

Quem é que pensa que o Julian é um herói?

hs53 10:47
10:50

Quem é que pensa que é um perigoso agitador?

hs53 10:51
10:53

JA: Ah, vá lá. Deve haver alguém.

hs53 10:54
10:56

CA: É tudo gente flexível, Julian, tudo gente flexível.

hs53 10:56
10:58

Vamos tentar mais uma vez. Vamos ver outro exemplo.

hs53 10:58
11:01

Aqui está uma questão de que ainda não falou,

hs53 11:01
11:04

mas que, pela TED, vai falar, acho eu.

hs53 11:04
11:06

Esta é uma história intrigante, que aconteceu agora, não foi?

hs53 11:06
11:08

O que é isto?

hs53 11:08
11:10

JA: Este é um exemplo daquilo que fazemos

hs53 11:10
11:12

quase todos os dias.

hs53 11:12
11:15

No final do ano passado -- em Novembro --

hs53 11:15
11:17

houve uma série de rebentamentos de poços de petróleo

hs53 11:17
11:19

na Albânia,

hs53 11:19
11:22

como o do Golfo de México,

hs53 11:22
11:24

embora não tão grandes.

hs53 11:24
11:27

Recebemos um relatório --

hs53 11:27
11:30

uma espécie de análise de engenharia sobre o que se passara --

hs53 11:30
11:33

dizendo que seguranças

hs53 11:33
11:36

de algumas companhias petrolíferas rivais

hs53 11:36
11:39

os teriam feito explodir.

sofianunes 11:40
11:43

E que uma parte do governo Albanês estaria comprometido, etc., etc.

hs53 11:44
11:45

O relatório

hs53 11:45
11:47

não tinha qualquer identificação.

hs53 11:47
11:49

Portanto era um documento extremamente difícil para nós

hs53 11:49
11:51

Não o podíamos comprovar porque não sabíamos

hs53 11:51
11:53

quem o tinha escrito, só o que relatava.

hs53 11:53
11:55

Desconfiávamos que se tratasse de

hs53 11:55
11:57

uma companhia rival a tentar empolar a situação.

sofianunes 11:57
11:59

Tendo em conta tudo isto, decidimos não fazer nada, dizendo:

hs53 11:59
12:01

"Temos muitas dúvidas sobre isto.

hs53 12:01
12:03

Não sabemos ao certo, o que é que podemos fazer?

hs53 12:03
12:05

O material parece legítimo, soa bem,

hs53 12:05
12:07

mas não o conseguimos verificar."

hs53 12:07
12:10

Agora acabámos de receber uma carta,

hs53 12:10
12:13

esta semana,

hs53 12:13
12:16

da empresa responsável pelo relatório

hs53 12:16
12:19

querendo descobrir a nossa fonte --

hs53 12:19
12:22

(Risos)

hs53 12:23
12:26

dizendo: "Queremos saber qual foi a vossa fonte."

hs53 12:26
12:28

E nós: "Ah, sim, diga-nos.

hs53 12:28
12:31

Exactamente de que documento é que se trata?

hs53 12:31
12:34

Podem comprovar que têm autoridade legal sobre esse documento?

hs53 12:34
12:36

É realmente vosso?"

hs53 12:36
12:39

E eles mandaram-nos isto

hs53 12:39
12:41

com o nome do autor

hs53 12:41
12:44

e assinatura digital.

hs53 12:46
12:48

Sim.

hs53 12:48
12:53

(Aplausos)

hs53 12:53
12:55

Isto acontece muito.

hs53 12:55
12:57

É um dos nossos métodos

hs53 12:57
13:00

de identificar -- verificar um documento é

hs53 13:00
13:02

fazer com que estes tipos nos escrevam cartas.

hs53 13:02
13:05

CA: Sim. Tiveram qualquer informação

hs53 13:05
13:07

de dentro da BP?

hs53 13:07
13:10

JA: Temos muita, mas, neste momento,

hs53 13:10
13:13

estamos empenhados em angariar fundos e mudar os sistemas.

hs53 13:13
13:15

Assim o ritmo de publicação

hs53 13:15
13:17

nos últimos meses

hs53 13:17
13:19

tem sido menor

hs53 13:19
13:22

enquanto refazemos os nossos sistemas de segurança

hs53 13:22
13:25

por causa do enorme interesse que o público tem demonstrado.

hs53 13:25
13:27

O que é um problema.

hs53 13:27
13:30

Quer dizer, como qualquer outra organização recém-formada,

hs53 13:30
13:32

sentimo-nos como que esmagados

hs53 13:32
13:34

pelo nosso crescimento.

hs53 13:34
13:36

Isso significa que estamos a receber uma quantidade enorme

hs53 13:36
13:38

de fugas de informação

hs53 13:38
13:40

de alto calibre,

hs53 13:40
13:42

mas não temos pessoal suficiente para

hs53 13:42
13:44

processar e verificar essa informação.

hs53 13:44
13:46

CA: É uma espécie de engarrafamento,

hs53 13:46
13:48

basicamente com jornalistas voluntários

hs53 13:48
13:51

e fundos dos salários de jornalistas?

hs53 13:51
13:53

JA: Sim, é isso e de pessoas em quem confiamos.

hs53 13:53
13:55

Quer dizer, somos uma organização

hs53 13:55
13:57

que se torna difícil que cresça rapidamente

hs53 13:57
13:59

por causa do tipo de material que tratamos.

sofianunes 13:59
14:02

Portanto, temos de nos reestruturar

hs53 14:02
14:04

para podermos ter pessoas

hs53 14:04
14:07

que tratem de questões de segurança nacional

hs53 14:07
14:09

e outras com questões de segurança menores.

hs53 14:09
14:12

CA: Ajude-nos a perceber quem é o Julian

hs53 14:12
14:14

e como chegou até aqui.

hs53 14:14
14:16

Acho que li que enquanto criança

hs53 14:16
14:19

andou em 37 escolas diferentes.

hs53 14:19
14:21

É mesmo verdade?

hs53 14:21
14:24

JA: Primeiro, os meus pais trabalhavam em cinema

hs53 14:24
14:26

e depois fugiram de uma seita,

hs53 14:26
14:28

portanto a combinação das duas...

hs53 14:28
14:32

(Risos)

hs53 14:32
14:34

CA: Um psicólogo poderia achar

hs53 14:34
14:37

que essa é uma boa receita para se tornar paranóico.

hs53 14:37
14:39

JA: O quê? O cinema?

hs53 14:39
14:42

(Risos)

hs53 14:42
14:45

(Aplausos)

hs53 14:45
14:47

CA: E você também foi -- quer dizer,

hs53 14:47
14:49

também foi hacker muito novo

hs53 14:49
14:52

e entrou em choque com as autoridades.

hs53 14:52
14:55

JA: Fui jornalista.

hs53 14:55
14:57

Fui jornalista activista muito jovem.

hs53 14:57
14:59

Escrevia numa revista

sofianunes 14:59
15:02

e fui processado por isso em adolescente.

hs53 15:02
15:04

Temos de ter cuidado com a palavra hacker.

hs53 15:04
15:06

Quer dizer, é como -- existe um método

hs53 15:06
15:08

que pode ser aplicado em coisas muito diferentes.

hs53 15:08
15:10

Infelizmente, neste momento,

sofianunes 15:10
15:12

na maior parte das vezes é aplicado pela mafia Russa

hs53 15:12
15:14

para roubar a conta bancária das avós.

hs53 15:14
15:17

Portanto essa palavra não é --

hs53 15:17
15:19

não é tão simpática como já foi.

hs53 15:19
15:21

CA: Sim. Claro que acho que

hs53 15:21
15:24

o Julian não anda a roubar a conta bancária da avó de ninguém.

hs53 15:24
15:26

Mas quais são

hs53 15:26
15:28

os valores e princípios por que se rege?

hs53 15:28
15:31

Pode dar-nos uma ideia de quais são eles

hs53 15:31
15:33

e talvez algum facto da sua vida

hs53 15:33
15:36

que tenha sido determinante na sua aquisição?

hs53 15:38
15:40

JA: Acho que não houve qualquer incidente marcante.

hs53 15:40
15:43

Mas os meus princípios basilares:

hs53 15:43
15:46

os homens generosos e capazes

hs53 15:46
15:48

não fazem vítimas;

hs53 15:48
15:50

tratam delas.

hs53 15:50
15:52

E isso é algo do meu pai

hs53 15:52
15:55

e de outros homens generosos e capazes

hs53 15:55
15:58

que fizeram parte da minha vida.

hs53 15:58
16:00

CA: Os homens generosos e capazes não fazem vítimas;

hs53 16:00
16:02

tratam delas?

hs53 16:02
16:04

JA: Sim. E você sabe,

hs53 16:04
16:08

eu sou combativo, belicoso,

hs53 16:08
16:10

portanto não sou muito bom a tratar dos outros.

hs53 16:10
16:13

Mas, de algum modo --

hs53 16:13
16:16

Existe uma outra forma de tratar vítimas,

hs53 16:16
16:19

que é policiar os malfeitores,

hs53 16:19
16:21

os criminosos.

hs53 16:21
16:23

Esta é uma característica

hs53 16:23
16:25

do meu carácter

hs53 16:25
16:27

desde há muito.

hs53 16:27
16:30

CA: Conte-nos só, muito rapidamente num minuto, a história:

hs53 16:30
16:33

o que é que aconteceu na Islândia?

hs53 16:33
16:36

Basicamente vocês denunciaram uma situação,

hs53 16:36
16:39

tiveram problemas com um banco,

hs53 16:39
16:41

e depois a agência noticiosa local

hs53 16:41
16:44

foi legalmente impedida de publicar a história.

hs53 16:44
16:46

Em vez disso, publicaram o vosso lado da história.

hs53 16:46
16:49

O que o tornou muito conhecido na Islândia. O que é que aconteceu em seguida?

hs53 16:49
16:51

JA: Sim, esse é um caso óptimo.

hs53 16:51
16:53

A Islândia passou por uma crise financeira.

hs53 16:53
16:55

Foi o país do mundo que mais sofreu com ela.

hs53 16:55
16:57

O sector bancário representava no PIB 10 vezes mais

hs53 16:57
16:59

do que o resto da economia.

hs53 16:59
17:02

Bom, nós publicámos o relatório

hs53 17:02
17:05

em Julho do ano passado.

hs53 17:05
17:07

E a estação pública de televisão recebeu a ordem judicial

hs53 17:07
17:09

cinco minutos antes da notícia ir para o ar.

hs53 17:09
17:11

Como se fosse num filme, aquilo aterrou na mesa da redação

hs53 17:11
17:13

e o locutor ficou

hs53 17:13
17:15

"Isto nunca aconteceu. E agora, o que é que fazemos?

hs53 17:15
17:17

Bom, então vamos mostrar o site

hs53 17:17
17:20

só para encher."

hs53 17:20
17:22

Foi assim que nos tornámos famosos

hs53 17:22
17:25

e fomos à Islândia falar sobre esta questão.

hs53 17:25
17:27

Havia um sentimento na comunidade

hs53 17:27
17:29

que nada daquilo podia voltar a acontecer.

hs53 17:29
17:31

Foi assim que,

sofianunes 17:31
17:33

em conjunto com alguns políticos Islandeses

hs53 17:33
17:35

e especialistas em assuntos jurídicos de outros países,

hs53 17:35
17:37

criámos um novo conjunto

hs53 17:37
17:40

de legislação para que a Islândia

hs53 17:40
17:43

se tornasse uma espécie de refúgio offshore

hs53 17:43
17:46

para a imprensa livre,

hs53 17:46
17:49

assegurando a protecção dos jornalistas,

hs53 17:49
17:51

com um novo prémio Nobel

hs53 17:51
17:53

para a liberdade de expressão.

hs53 17:53
17:55

A Islândia é um país nórdico,

hs53 17:55
17:58

portanto a Noruega tem uma palavra a dizer sobre o assunto.

hs53 17:58
18:00

E há um mês,

sofianunes 18:00
18:03

a lei foi aprovada por unanimidade no parlamento Islandês.

hs53 18:03
18:05

CA: Uau.

hs53 18:05
18:11

(Aplausos)

hs53 18:11
18:13

Uma última pergunta, Julian.

hs53 18:13
18:15

Quando pensa no futuro,

hs53 18:15
18:17

o que é que acha mais provável?

hs53 18:17
18:19

Um Big Brother mais controlador,

hs53 18:19
18:21

com mais secretismo

hs53 18:21
18:23

ou nós vigiando

hs53 18:23
18:25

o Big Brother

hs53 18:25
18:28

ou das duas formas?

hs53 18:28
18:30

JA: Não sei qual será o caminho.

hs53 18:30
18:32

Há imensas pressões

hs53 18:32
18:35

para se conseguir harmonizar a legislação sobre a liberdade de expressão

hs53 18:35
18:38

e legislação transparente em todo o mundo --

sofianunes 18:38
18:40

na U.E.,

hs53 18:40
18:42

entre a China e os Estados Unidos.

hs53 18:42
18:45

O que é vai ser? É difícil dizer.

hs53 18:45
18:47

Por isso é que esta é uma altura muito interessante para se viver.

hs53 18:47
18:49

Porque muito facilmente

hs53 18:49
18:52

podemos enveredar por um ou outro caminho.

hs53 18:52
18:55

CA: Bom, acho que interpreto bem a opinião do nosso público

hs53 18:55
18:57

ao dizer-lhe, Julian, tenha cuidado

hs53 18:57
18:59

e continue a ser forte.

hs53 18:59
19:01

JA: Obrigado, Chris. (CA: Muito obrigado.)

hs53 19:01
19:11

(Aplausos)