Watch videos with subtitles in your language, upload your videos, create your own subtitles! Click here to learn more on "how to Dotsub"

Annotated captions of Julian Assange: Why the world needs WikiLeaks in Portuguese (Brazil)

Last Modified By Time Content
dsollero 00:00
00:02

Chris Anderson: Bem vindo, Julian

dsollero 00:02
00:04

Foi divulgado que o WikiLeaks, seu bebê,

durval 00:04
00:06

divulgou... nos últimos anos

durval 00:06
00:09

divulgou mais documentos sigilosos

durval 00:09
00:11

do que o resto de toda a mídia do mundo junta.

dsollero 00:11
00:13

Isso pode ser verdade?

dsollero 00:13
00:15

Julian Assange: É, isso pode ser verdade?

durval 00:15
00:18

É uma preocupação -- não é? -- Que o resto da mídia do mundo

dsollero 00:18
00:20

esteja fazendo um trabalho tão ruim

durval 00:20
00:22

que um grupinho de ativistas

durval 00:22
00:24

consegue publicar mais

dsollero 00:24
00:26

informações desse tipo

dsollero 00:26
00:28

do que o resto da imprensa mundial junta.

dsollero 00:28
00:30

CA: Como isso funciona?

durval 00:30
00:33

Como as pessoas divulgam os documentos?

dsollero 00:33
00:36

E como você garante a privacidade delas?

durval 00:36
00:38

JA: Acontece que eles são -- ao que sabemos --

durval 00:38
00:40

informantes clássicos.

durval 00:40
00:42

E temos uma variedade de maneiras para que eles

durval 00:42
00:44

possam fornecer informações para nós.

durval 00:44
00:46

Então usamos criptografia de última geração

durval 00:46
00:48

para fazer as coisas pularem pela internet, para esconder as trilhas,

durval 00:48
00:50

fazer que elas atravessem as jurisdições legais

durval 00:50
00:53

como a Suécia e a Bélgica

durval 00:53
00:56

para legalizar essas proteções legais.

dsollero 00:57
00:59

Recebemos informações por correio,

durval 00:59
01:02

o correio normal,

durval 01:02
01:04

codificado ou não,

dsollero 01:04
01:07

analisamos como uma organização de notícias normal, formatamos --

durval 01:07
01:10

o que as vezes é muito difícil de fazer,

dsollero 01:10
01:12

quando se fala sobre

durval 01:12
01:14

gigantescos bancos de dados de informações --

durval 01:14
01:16

divulgamos isso para o público

dsollero 01:16
01:18

e então nos defendemos

dsollero 01:18
01:21

contra os inevitáveis ataques políticos e legais,

durval 01:21
01:23

CA: Então vocês se esforçam para garantir

dsollero 01:23
01:25

que os documentos são legítimos.

durval 01:25
01:27

Mas vocês realmente

durval 01:27
01:30

quase nunca sabem quem é a identidade da fonte.

dsollero 01:30
01:33

JA: É isso, sim. É muito raro sabermos.

dsollero 01:34
01:37

E se descobrirmos em algum momento

dsollero 01:37
01:40

então nós destruímos essa informação o quanto antes

dsollero 01:40
01:42

(telefone toca) Que droga.

dsollero 01:42
01:46

(Risos)

dsollero 01:46
01:48

CA: Acho que é a CIA perguntando qual é o código

dsollero 01:48
01:50

para ser um membro do TED.

dsollero 01:50
01:53

(Risos)

durval 01:53
01:55

Vamos ver um exemplo, de fato.

dsollero 01:55
01:57

Isso é algo

durval 01:57
01:59

que foi vazado alguns anos atrás.

durval 01:59
02:01

Se nós pudermos mostrar esse documento...

dsollero 02:01
02:03

Essa é uma história no Quênia há alguns anos.

dsollero 02:03
02:06

Você pode nos contar o que você vazou e o que aconteceu?

durval 02:06
02:08

JA: Esse é o Relatório Kroll

dsollero 02:08
02:11

Era um relatório de inteligência secreto

durval 02:11
02:13

encomendado pelo governo do Quênia

dsollero 02:13
02:16

após a sua eleição em 2004

dsollero 02:16
02:18

Antes de 2004, o Quênia era governado

dsollero 02:18
02:20

por Daniel arap Moi

durval 02:20
02:22

por uns 18 anos.

durval 02:22
02:25

Ele era um ditador moderado do Quênia

dsollero 02:25
02:27

E quando Kibaki chegou ao poder --

dsollero 02:27
02:29

através de uma coligação de forças que tentavam

dsollero 02:29
02:31

acabar com a corrupção no Quênia --

durval 02:31
02:33

eles pagaram esse relatório,

dsollero 02:33
02:35

gastaram mais ou menos 2 milhões de libras

dsollero 02:35
02:37

nisso e em um outro relatório.

durval 02:37
02:40

E então o governo o engavetou

durval 02:40
02:42

e usou isso para negociação política com Moi,

dsollero 02:42
02:44

que era o homem mais rico --

dsollero 02:44
02:47

e ainda é o homem mais rico -- do Quênia

dsollero 02:47
02:50

Esse é o Santo Graal do jornalismo queniano.

durval 02:50
02:53

Então eu fui até lá em 2007,

dsollero 02:53
02:55

e consegui ter acesso a isso

dsollero 02:55
02:57

pouco antes da eleição --

dsollero 02:57
03:00

a eleição nacional em 28 de dezembro.

durval 03:02
03:05

Quando lançamos esse relatório,

durval 03:05
03:08

o fizemos 3 dias depois que o novo presidente, Kibaki,

dsollero 03:08
03:10

tinha decidido se unir com

durval 03:10
03:12

o homem que ele deveria tirar do poder,

dsollero 03:12
03:14

Daniel arap Moi.

dsollero 03:14
03:17

Esse relatório então

dsollero 03:17
03:19

se tornou um albatroz morto

dsollero 03:19
03:22

no pescoço do presidente Kibaki.

dsollero 03:23
03:26

CA: And - quero dizer, para encurtar uma longa história --

dsollero 03:26
03:29

a notícia de que o relatório vazou chegou no Quênia

dsollero 03:29
03:32

não pela mídia oficial, mas indiretamente.

durval 03:32
03:35

E, na sua opinião, isso mudou os rumos da eleição.

dsollero 03:35
03:38

JA: Sim. Isso foi a primeira página do Guardian

dsollero 03:38
03:41

e foi impresso em todos os países ao redor do Quênia

dsollero 03:41
03:44

na imprensa da Tanzânia e da África do Sul.

dsollero 03:44
03:46

E aí, entrou no país vindo de fora.

durval 03:46
03:48

E isso, depois de alguns dias,

dsollero 03:48
03:50

fez com que a mídia do Quênia se sentisse livre para comentar a respeito.

durval 03:50
03:53

E passou por 20 noites direto na TV queniana,

durval 03:53
03:56

mudou as intenções de voto em 10 por cento,

durval 03:56
03:58

de acordo com um relatório de inteligência do Quênia,

dsollero 03:58
04:00

isso mudou o resultado da eleição.

durval 04:00
04:02

CA: Puxa, então o seu vazamento

dsollero 04:02
04:04

mudou substancialmente o mundo?

dsollero 04:04
04:06

JA: Sim.

dsollero 04:06
04:10

(Aplausos)

dsollero 04:10
04:12

CA: Agora -- nós vamos mostrar

dsollero 04:12
04:15

um pequeno trecho de

dsollero 04:15
04:17

um vídeo de um ataque aéreo a Bagdá.

dsollero 04:17
04:19

O video é mais longo.

dsollero 04:19
04:21

Mas aqui vai um pequeno trecho.

dsollero 04:21
04:24

Esse é -- esse é um material intenso, devo avisá-los.

dsollero 04:24
04:27

Radio:.. de sacanagem, quando você os pegar apenas abra-os

dsollero 04:27
04:31

Eu vejo seu elemento, uh, tem uns 4 Humvees, uh junto...

dsollero 04:31
04:34

Você está liberado. Certo. Atirando.

dsollero 04:34
04:37

Me avise quando você os pegar. Vamos atirar.

dsollero 04:37
04:39

Explodam eles.

dsollero 04:39
04:41

Vamos, fogo!

dsollero 04:41
04:44

(metralhadoras atirando)

dsollero 04:44
04:47

Continue atirando, continue atirando.

dsollero 04:47
04:50

(metralhadoras atirando)

dsollero 04:50
04:53

Continue atirando.

durval 04:53
04:55

Hotel ...Bushmaster 2-6, Bushmaster 2-6,

dsollero 04:55
04:57

temos que sair, comece a contar!

dsollero 04:57
05:00

Certo, nós confrontamos todos os oito indivíduos.

durval 05:00
05:03

Sim, nós vemos dois passaros [helicópteros], e ainda estamos atirando.

dsollero 05:03
05:05

Entendido. Eu peguei eles.

dsollero 05:05
05:07

2-6, aqui é o 2-6, estamos móveis.

dsollero 05:07
05:09

Ops, Desculpe, O que está havendo?

dsollero 05:09
05:11

Droga, Kyle. Certo, hahahaha. Eu acertei eles.

dsollero 05:14
05:17

CA: E qual foi o impacto disso?

durval 05:17
05:20

JA: O impacto sobre as pessoas que trabalharam nisso

dsollero 05:20
05:22

foi severo.

dsollero 05:22
05:24

Acabamos mandando duas pessoas a Bagdá

dsollero 05:24
05:26

para pesquisar mais essa história.

dsollero 05:26
05:29

Esse é apenas o primeiro de três ataques

dsollero 05:29
05:31

que aconteceram naquela cena.

durval 05:31
05:33

CA: Então, quer dizer, 11 pessoas morreram nesse ataque, certo,

dsollero 05:33
05:35

incluindo dois funcionários da Reuters?

durval 05:35
05:37

JA. Isso. Dois funcionários da Reuters,

dsollero 05:37
05:40

duas crianças foram feridas.

dsollero 05:40
05:43

Houve algo entre 18 e 26 pessoas mortas no total.

durval 05:43
05:45

CA: E divulgar isso causou

dsollero 05:45
05:47

revolta generalizada.

dsollero 05:47
05:49

Qual foi o elemento chave disso

durval 05:49
05:52

que causou a revolta, o que você acha?

dsollero 05:52
05:54

JA: Eu não sei. Acho que as pessoas puderam ver

durval 05:54
05:57

a enorme disparidade de forças.

durval 05:57
05:59

Você vê homens andando nas ruas relaxados,

dsollero 05:59
06:02

e então um helicóptero Apache aparece em uma esquina

durval 06:02
06:04

disparando balas de canhão de 30 milimetros

durval 06:04
06:06

em todo mundo --

dsollero 06:06
06:09

procurando qualquer desculpa para fazer isso --

durval 06:09
06:11

e matando as pessoas que estão resgatando os feridos.

durval 06:11
06:14

E esses dois jornalistas envolvidos, que claramente não eram insurgentes,

durval 06:14
06:16

porque esse era o trabalho deles em tempo integral.

dsollero 06:18
06:21

CA: Quero dizer, um analista de inteligência americano,

dsollero 06:21
06:23

Bradley Manning, foi preso.

dsollero 06:23
06:26

E supostamente ele confessou numa sala de chat

dsollero 06:26
06:29

que enviou esse video para você,

dsollero 06:29
06:31

junto com 280.000

durval 06:31
06:33

telegramas sigilosos da embaixada americana.

dsollero 06:33
06:36

Quer dizer, será que ele mandou?

durval 06:36
06:38

JA: Bem, nós negamos ter recebido esses telegramas.

durval 06:38
06:40

Ele foi indiciado,

durval 06:40
06:42

uns cinco dias atrás,

durval 06:42
06:45

por ter obtido 150.000 telegramas

durval 06:45
06:47

e divulgar 50.

durval 06:47
06:50

Agora, nós publicamos

dsollero 06:50
06:52

no início do ano

durval 06:52
06:55

um telegrama da embaixada americana em Reykjavik

durval 06:56
06:58

Mas que não era necessariamente conectado a esses.

durval 06:58
07:00

Quero dizer, eu era um visitante conhecido daquela embaixada.

dsollero 07:00
07:02

CA: Bem, se você recebeu milhares

durval 07:02
07:05

de telegramas diplomáticos da embaixada americana...

durval 07:05
07:07

JA: Nós os teríamos liberado. (CA: Teriam?)

dsollero 07:07
07:10

JA: Sim. (CA: Porque?)

dsollero 07:10
07:12

JA: Bem, porque esse tipo de coisa

dsollero 07:12
07:15

revela o estado real

durval 07:15
07:17

de, digamos,

durval 07:17
07:19

como são governos árabes,

dsollero 07:19
07:22

os reais abusos de direitos humanos nesses governos.

durval 07:22
07:24

Se você olhar os telegramas não confidenciais,

dsollero 07:24
07:26

é o tipo de material que está lá.

dsollero 07:26
07:28

CA: Então vamos falar um pouco mais sobre isso.

durval 07:28
07:30

Em geral, qual é a sua filosofia?

dsollero 07:30
07:32

Por que é correto

dsollero 07:32
07:35

encorajar o vazamento de informações secretas?

durval 07:36
07:39

JA: Bem, há a questão sobre que tipo de informação é importante para o mundo,

dsollero 07:39
07:41

que tipo de informação

dsollero 07:41
07:43

pode gerar uma reforma.

dsollero 07:43
07:45

E há muita informação.

dsollero 07:45
07:47

Então as informações que organizações

dsollero 07:47
07:50

estão fazendo um esforço economico para esconder,

dsollero 07:50
07:52

isso é um bom sinal

durval 07:52
07:54

de que quando essa informação estiver disponível,

dsollero 07:54
07:56

há uma esperança dela fazer algo bom.

durval 07:56
07:58

Porque as organizações que sabem das coisas,

dsollero 07:58
08:00

que conhecem tudo de dentro para fora,

dsollero 08:00
08:03

estão tendo trabalho para esconder.

dsollero 08:03
08:05

E isso é o que descobrimos com a prática.

dsollero 08:05
08:08

E essa é a história do jornalismo.

durval 08:08
08:11

CA: Mas há riscos nisso,

dsollero 08:11
08:14

tanto para os individuos envolvidos

durval 08:14
08:16

ou até para a sociedade toda,

dsollero 08:16
08:18

em que vazar pode ter

dsollero 08:18
08:20

uma consequência não intencional?

durval 08:20
08:22

JA: Não observamos isso com coisa alguma que tenhamos divulgado.

durval 08:22
08:24

Nós temos uma política de imunização a danos.

durval 08:24
08:26

Nós temos uma maneira de lidar com informações

durval 08:26
08:28

que tenham alguma coisa de pessoal --

durval 08:28
08:30

identificando pessoalmente a informação ali.

dsollero 08:31
08:34

Mas há segredos legítimos --

durval 08:34
08:37

você sabe, seus registros com seu médico,

dsollero 08:37
08:39

esse é um segredo legítimo.

durval 08:39
08:41

Mas nós lidamos com informantes que estão se apresentando

dsollero 08:41
08:44

realmente bem motivados.

dsollero 08:44
08:46

CA: Então eles estão bem motivados.

durval 08:46
08:48

E o que você falaria, por exemplo,

dsollero 08:48
08:51

aos pais de alguém --

durval 08:51
08:54

cujo filho está servindo o exército americano no exterior,

durval 08:54
08:56

e ele diz, "Sabe de uma coisa,

durval 08:56
08:58

você publicou algo que alguém tinha um incentivo para liberar.

dsollero 08:58
09:00

E mostra um soldado americano rindo

dsollero 09:00
09:02

de pessoas morrendo.

dsollero 09:02
09:04

Isso dá a impressão -- deu a impressão

dsollero 09:04
09:06

a milhões de pessoas no mundo todo

dsollero 09:06
09:08

de que os soldados americanos são desumanos.

dsollero 09:08
09:10

Na verdade, eles não são. Meu filho não é. Como você ousa insinuar isso?

dsollero 09:10
09:12

O que você falaria para isso?

durval 09:12
09:14

JA: É, nós recebemos um monte disso.

durval 09:14
09:16

Mas lembre-se, as pessoas em Bagdá,

dsollero 09:16
09:19

as pessoas no Iraque, as pessoas no Afeganistão --

dsollero 09:19
09:21

eles não precisam ver o vídeo;

dsollero 09:21
09:23

eles vêem isso todos os dias.

dsollero 09:23
09:26

Então isso não vai mudar a opinião deles. Não vai mudar a percepção deles.

dsollero 09:26
09:28

É isso que eles vêem todos os dias.

dsollero 09:28
09:31

Isso vai mudar a percepção e opinião

dsollero 09:31
09:33

daqueles que estão pagando por tudo isso.

dsollero 09:33
09:36

E essa é a nossa esperança.

dsollero 09:36
09:39

CA: Então você achou uma maneira de jogar uma luz

dsollero 09:39
09:42

no que você vê

durval 09:42
09:45

como sendo esse tipo de segredos macabros das empresas e governos.

durval 09:46
09:48

A luz é boa.

dsollero 09:48
09:50

Mas você nota a ironia no fato de que

durval 09:50
09:52

para você jogar essa luz,

dsollero 09:52
09:54

você mesmo tem que,

dsollero 09:54
09:57

criar um segredo ao redor das suas fontes?

durval 09:57
10:00

JA: Não. Quero dizer, nós não temos

dsollero 10:00
10:03

nenhum dissidente da WikiLeaks ainda.

dsollero 10:04
10:07

Nós não temos fontes que são dissidentes de outras fontes.

dsollero 10:08
10:11

Caso eles apareçam, isso seria uma situação difícil para nós.

dsollero 10:11
10:14

Mas presumimos que agindo dessa maneira

dsollero 10:14
10:16

as pessoas sentem-se

durval 10:16
10:18

moralmente obrigadas

dsollero 10:18
10:21

a continuar a nossa missão, a não ferrar com tudo.

durval 10:22
10:25

CA: Eu estaria interessado, apenas pelo que ouvi até agora --

durval 10:25
10:28

queria saber a opinião da audiência do TED.

dsollero 10:30
10:32

Você sabe, deve haver alguns pontos de vista

dsollero 10:32
10:34

sobre o Wikileaks e sobre o Julian.

durval 10:34
10:37

Vocês sabem, o herói -- o herói do povo --

dsollero 10:37
10:40

trazendo essa luz importante.

dsollero 10:40
10:42

O encrenqueiro perigoso.

dsollero 10:43
10:46

Quem tem a visão do herói?

dsollero 10:47
10:50

E quem tem a visão do encrenqueiro perigoso?

dsollero 10:51
10:53

JA: Ah, por favor. Deve ter algum.

durval 10:54
10:56

É um público moderado, Julian, um público moderado.

durval 10:56
10:58

Temos que tentar melhorar. Vamos dar a eles um outro exemplo.

durval 10:58
11:01

Aqui está uma coisa que vocês ainda não vazaram,

durval 11:01
11:04

mas eu acho que no TED poderiamos considerar que o fariam.

dsollero 11:04
11:06

É uma história intrigante que acabou de acontecer, certo?

dsollero 11:06
11:08

O que é?

dsollero 11:08
11:10

Então essa é uma amostra do que fazemos

dsollero 11:10
11:12

todos os dias

dsollero 11:12
11:15

No final do ano passado - em novembro do ano passado -

dsollero 11:15
11:17

houve uma série de explosões de poços

dsollero 11:17
11:19

na Albânia

dsollero 11:19
11:22

como o poço que explodiu no Golfo do México,

dsollero 11:22
11:24

mas não tão grande.

dsollero 11:24
11:27

E nós recebemos um relatório --

dsollero 11:27
11:30

um tipo de análise de engenharia do que havia acontecido --

dsollero 11:30
11:33

afirmando que, de fato, os seguranças

durval 11:33
11:36

de algum concorrente, várias empresas de petróleo competindo

dsollero 11:36
11:39

haviam, de fato, estacionado caminhonetes lá e as explodido.

dsollero 11:40
11:43

E parte do governo da Albânia estava envolvido, etc, etc

dsollero 11:44
11:45

E o relatório de engenharia

dsollero 11:45
11:47

não tinha nada sobre isso.

dsollero 11:47
11:49

Então foi um documento extremamente difícil para nós.

dsollero 11:49
11:51

Nós não conseguíamos verificar porque nós não sabíamos

durval 11:51
11:53

quem escreveu isso e sabíamos qual era o propósito disso.

durval 11:53
11:55

Então ficamos meio céticos que talvez fosse uma

durval 11:55
11:57

empresa de petróleo concorrente que estava trazendo isso a tona.

dsollero 11:57
11:59

Baseados nisso, nós publicamos e dissemos,

dsollero 11:59
12:01

"Olhem, nós estamos céticos a respeito disso.

dsollero 12:01
12:03

Nós não sabemos, mas o que podemos fazer?

durval 12:03
12:05

O material parece bom, parece certo,

dsollero 12:05
12:07

mas nós não conseguimos verificá-lo"

dsollero 12:07
12:10

E recebemos uma carta

dsollero 12:10
12:13

essa semana

dsollero 12:13
12:16

da empresa que o escreveu,

dsollero 12:16
12:19

querendo rastrear a fonte --

dsollero 12:19
12:22

(risos)

durval 12:23
12:26

dizendo, "Ei, nós queremos rastrear a fonte."

dsollero 12:26
12:28

E nós respondemos, "Conte-nos mais.

durval 12:28
12:31

A que documento, precisamente, você está se referindo?

dsollero 12:31
12:34

Você pode nos provar que tem alguma autoridade legal sobre esse documento?

dsollero 12:34
12:36

É realmente seu?"

dsollero 12:36
12:39

Então eles enviaram uma captura de tela

dsollero 12:39
12:41

com o autor

dsollero 12:41
12:44

na identificação do Microsoft Word.

dsollero 12:46
12:48

É.

dsollero 12:48
12:53

(Aplausos)

dsollero 12:53
12:55

Isso acontece bastante.

dsollero 12:55
12:57

Esse é um dos nossos métodos

durval 12:57
13:00

de identificar -- ou verificar o que é aquele material,

dsollero 13:00
13:02

é tentar fazer com que esses caras escrevam cartas.

dsollero 13:02
13:05

CA: Você teve informação

dsollero 13:05
13:07

de dentro da BP?

durval 13:07
13:10

JA: Sim, nós temos muitas, mas quero dizer, no momento,

dsollero 13:10
13:13

nós estamos fazendo uma captação de recursos e esforços de engenharia.

dsollero 13:13
13:15

E a nossa taxa de publicação

dsollero 13:15
13:17

nos últimos meses

durval 13:17
13:19

foi reduzida

durval 13:19
13:22

enquanto nós reconstruímos os nossos sistemas

dsollero 13:22
13:25

para o interesse público fenomenal que nós temos.

dsollero 13:25
13:27

Isso é um problema

durval 13:27
13:30

Quero dizer, como qualquer tipo de organização nova em crescimento,

dsollero 13:30
13:32

nós estamos surpresos

dsollero 13:32
13:34

com o nosso crescimento.

dsollero 13:34
13:36

E isso significa que estamos recebendo uma quantidade enorme

durval 13:36
13:38

de revelações de informantes

dsollero 13:38
13:40

de calibre bem alto,

dsollero 13:40
13:42

mas nós não temos pessoal suficiente

dsollero 13:42
13:44

para processar e cuidar dessa informação

durval 13:44
13:46

CA: Então esse é o principal gargalo,

dsollero 13:46
13:48

jornalistas voluntários

durval 13:48
13:51

e/ou o financiamento de salários dos jornalistas?

durval 13:51
13:53

JA: Sim, e pessoas confiáveis.

dsollero 13:53
13:55

Nós somos uma organização

dsollero 13:55
13:57

que dificilmente vai crescer rapidamente

dsollero 13:57
13:59

por causa do tipo de material que lidamos.

dsollero 13:59
14:02

Então temos que reestruturar

dsollero 14:02
14:04

para ter pessoas

durval 14:04
14:07

que vão lidar com questões da mais alta segurança nacional,

durval 14:07
14:09

e também casos de segurança mais baixa.

dsollero 14:09
14:12

CA: Então ajude-nos a entender sobre você pessoalmente

dsollero 14:12
14:14

e como chegou a fazer isso.

durval 14:14
14:16

E acho que li que, quando era criança

dsollero 14:16
14:19

você estudou em 37 escolas diferentes.

durval 14:19
14:21

Será que isso está certo?

durval 14:21
14:24

JA: Bem, meus pais trabalhavam no negócio de cinema

dsollero 14:24
14:26

e depois em um culto,

dsollero 14:26
14:28

então juntando os dois

dsollero 14:28
14:32

(Risos)

durval 14:32
14:34

CA: Um psicólogo poderia dizer

dsollero 14:34
14:37

que essa é a receita para criar a paranóia

durval 14:37
14:39

JA: O que, o negócio de cinema?

dsollero 14:39
14:42

(Risos)

dsollero 14:42
14:45

(Aplausos)

durval 14:45
14:47

CA: e você era também -- quero dizer,

dsollero 14:47
14:49

você era um hacker desde jovem

dsollero 14:49
14:52

e teve problemas com as autoridades logo cedo.

durval 14:52
14:55

JA: Bem, eu era um jornalista.

durval 14:55
14:57

Sabe como é, eu era um jornalista ativista bem jovem.

durval 14:57
14:59

E escrevi uma revista,

dsollero 14:59
15:02

que foi processada por isso quando eu era um adolescente.

dsollero 15:02
15:04

Então você tem que tomar cuidado com hacker.

dsollero 15:04
15:06

Quero dizer, há um método

dsollero 15:06
15:08

que pode ser feito para várias coisas.

dsollero 15:08
15:10

Infelizmente, naquele momento,

dsollero 15:10
15:12

era mais usado pela máfia Russa

dsollero 15:12
15:14

para roubar a conta do banco da sua avó.

dsollero 15:14
15:17

Então essa frase não é --

dsollero 15:17
15:19

tão legal quanto era antigamente.

dsollero 15:19
15:21

CA: É, bem, eu realmente não acho

dsollero 15:21
15:24

que você estava roubando a conta de banco da avó de ninguém.

dsollero 15:24
15:26

Mas e sobre

dsollero 15:26
15:28

os seus valores?

dsollero 15:28
15:31

Você pode nos dar uma idéia do que eles são

dsollero 15:31
15:33

e talvez algum acontecimento na sua vida

durval 15:33
15:36

que ajudou a determinar esses valores?

dsollero 15:38
15:40

JA: Não tenho certeza sobre o acontecimento

durval 15:40
15:43

Mas os valores principais são:

dsollero 15:43
15:46

homens capazes e generosos

dsollero 15:46
15:48

não criam vítimas

durval 15:48
15:50

eles cuidam das vítimas.

dsollero 15:50
15:52

E isso era algo do meu pai

dsollero 15:52
15:55

e de outros homens capazes e generosos

dsollero 15:55
15:58

que participaram da minha vida

dsollero 15:58
16:00

CA: Homens capazes e generosos não criam vítimas;

durval 16:00
16:02

Eles cuidam delas?

durval 16:02
16:04

JA: É e você sabe,

durval 16:04
16:08

Eu sou uma pessoa combativa,

durval 16:08
16:10

então eu não sou muito bom com essa parte de cuidar.

dsollero 16:10
16:13

mas de alguma forma

durval 16:13
16:16

Há outra maneira de cuidar das vítimas,

durval 16:16
16:19

que é vigiar os autores

dsollero 16:19
16:21

do crime.

dsollero 16:21
16:23

Então isso é algo

dsollero 16:23
16:25

que está no meu caráter

dsollero 16:25
16:27

há bastante tempo

dsollero 16:27
16:30

CA: Então conte-nos, rapidamente nesse último minuto, a história:

dsollero 16:30
16:33

O que houve na Islândia?

durval 16:33
16:36

Você publicou algo lá,

durval 16:36
16:39

teve problemas com um banco,

dsollero 16:39
16:41

depois uma empresa de notícias de lá

dsollero 16:41
16:44

recebeu uma punição por ter publicado a história.

dsollero 16:44
16:46

Ao invés, eles divulgaram o seu lado da história.

durval 16:46
16:49

Isso fez você ser muito conhecido na Islândia. O que aconteceu depois?

dsollero 16:49
16:51

JA: Esse é um grande caso.

dsollero 16:51
16:53

A Islândia passou por essa grande crise financeira

dsollero 16:53
16:55

Foi o país mais afetado de todo o mundo.

dsollero 16:55
16:57

Seu setor financeiro correspondia a 10 vezes o PIB

dsollero 16:57
16:59

do resto da economia.

dsollero 16:59
17:02

Então, nós lançamos esse relatório

dsollero 17:02
17:05

em Julho do ano passado.

dsollero 17:05
17:07

E a TV nacional foi proibida de veicular

dsollero 17:07
17:09

cinco minutos antes de ir ao ar.

durval 17:09
17:11

Como se tivesse saído de um filme, a ordem foi colocada na mesa,

dsollero 17:11
17:13

e o apresentador falava

dsollero 17:13
17:15

"Isso nunca aconteceu antes. O que faremos?"

dsollero 17:15
17:17

Bem, vamos apenas mostrar o site então

durval 17:17
17:20

para preencher todo aquele tempo.

dsollero 17:20
17:22

E nós nos tornamos muito famosos na Islândia,

dsollero 17:22
17:25

fomos à Islândia e falamos sobre o assunto.

dsollero 17:25
17:27

E havia um sentimento na comunidade

durval 17:27
17:29

que isso nunca deveria acontecer novamente.

durval 17:29
17:31

E como resultado disso,

durval 17:31
17:33

trabalhando com alguns políticos islandeses

durval 17:33
17:35

e alguns especialistas em direito internacional,

dsollero 17:35
17:37

nós criamos um tipo de

dsollero 17:37
17:40

pacote legal para a Islândia

dsollero 17:40
17:43

se tornar um paraíso

dsollero 17:43
17:46

para a imprensa livre,

dsollero 17:46
17:49

com as maiores proteções jornalísticas do mundo,

dsollero 17:49
17:51

com um novo prêmio Nobel

dsollero 17:51
17:53

para liberdade de expressão.

dsollero 17:53
17:55

A Islândia é um país nórdico

durval 17:55
17:58

então, como a Noruega, é capaz de mexer no sistema.

durval 17:58
18:00

E há apenas um mês,

dsollero 18:00
18:03

isso foi aprovado por unanimidade pelo parlamento islandês

dsollero 18:03
18:05

CA: Uau.

dsollero 18:05
18:11

(Aplausos)

dsollero 18:11
18:13

Última pergunta, Julian.

durval 18:13
18:15

Quando você pensa sobre o futuro,

dsollero 18:15
18:17

você acha que será mais como

durval 18:17
18:19

o "Big Brother" exercendo mais controle,

durval 18:19
18:21

com mais segredos

durval 18:21
18:23

ou nós observando

durval 18:23
18:25

o "Big Brother",

durval 18:25
18:28

ou tudo isso acontecerá, nos dois sentidos?

durval 18:28
18:30

JA: Eu não estou certo de como será.

dsollero 18:30
18:32

Há pressões enormes

dsollero 18:32
18:35

para harmonizar a legislação da liberdade de expressão

dsollero 18:35
18:38

e a legislação da transparência ao redor do mundo --

dsollero 18:38
18:40

dentro da comunidade européia,

dsollero 18:40
18:42

entre a China e os Estados Unidos.

dsollero 18:42
18:45

Qual caminho vai tomar? É difícil ver.

dsollero 18:45
18:47

É por isso que hoje é um bom momento para se viver.

durval 18:47
18:49

Porque com apenas um pouco de esforço

durval 18:49
18:52

nós podemos mudar de um jeito ou de outro.

dsollero 18:52
18:55

CA: Bem, parece que eu estou refletindo a opinião do público

dsollero 18:55
18:57

ao dizer, Julian, tenha cuidado

durval 18:57
18:59

e desejo todo poder para você.

dsollero 18:59
19:01

JA: Obrigado, Chris (CA: Obrigado.)

dsollero 19:01
19:11

(Aplausos)