Watch videos with subtitles in your language, upload your videos, create your own subtitles! Click here to learn more on "how to Dotsub"

Neil Pasricha: The 3 A's of awesome

0 (0 Likes / 0 Dislikes)
Muito obrigada. Sou muito grato por esta oportunidade. me sinto extremamente mal qualificado para tal. e procuro passar os próximos 18 minutos com vocês fazendo 3 coisas. Eu quero muito contar pra vocês uma história incrível. Eu quero que vocês conheçam os 3 A's de awesome (incrível/irado), e quero deixá-los com um pesamento final. então, essa história incrível, ela começa aproximadamente 40 anos atrás quando minha mãe e meu pai vieram para o Canadá. Minha mãe saiu de Nairobi, Kenya. meu pai de um pequeno vilarejo, perto de Amritsar, India. e eles chegaram aqui no final dos anos 60. eles se firmaram em uma vizinhança meio suspeita, a 1 hora de Toronto. e eles iniciaram uma nova vida. eles foram ao seu primeiro dentista. comeram seu primeiro hamburguer e tiveram seus primeiros filhos. minha irmã e eu crescemos aqui, nós éramos crianças felizes, tínhamos uma família unida, bons amigos, uma rua calma. nós crescemos acostumados com coisas meus pais não tinham quando enquanto eles cresciam coisas como energia elétrica sempre em nossas casas, como escolas do outro lado da rua e hospitais por perto e picolés no quintal. nós crescemos e envelhecemos, e fomos para o ensino médio. eu me formei. I move out of house. I got a job. I found a girl. I settle down. eu tenho noção que isso parece um seriado ou uma música do Cat Stevens. mas a vida era muito boa, a vida era muito boa. 2006 foi um bom ano. sob o límpido céu azul de julho na região vinícula de Ontario. eu me casei cercado por 150 familiares e amigos. 2007 foi um ano ótimo. eu me formei na faculdade e fui fazer uma viagem com 2 dos meus melhores amigos. essa é uma foto minha e do meu amigo, Chris. na costa do oceano pacífico. nós vimos focas pela janela do carro e paramos pra tirar uma foto e as bloqueamos com nossas cabeças gigantes... então você não consegue realmente vê-las.. mas foi maravilhoso, acredite. ahn, 2008 e 2009 foram mais difíceis, para um monte de gente. foram difíceis não só pra mim primeiro as notícias eram muito pesadas são pesada agora, e antes disso também mas quando você abre um jornal, ou liga a TV e era só derretimento das calotas e guerras rolando no mundo, terremotos, furações e uma economia que beirava o colapso, e finalmente sofreu esse colapso... muitos de nós perdendo nossas casas, ou nossos empregos ou nossas aposentadorias, ou nosso sustento 2008 e 2009 foram pesados pra mim por outros motivos também eu estava passando por muitos problemas pessoais na época meu casamento não ia bem e nós estávamos nos afastando cada vez mais, um dia minha mulher chegou do trabalho e arrumou coragem através de muitas lágrimas, para ter uma conversa muito sincera, e ela disse "eu não te amo mais" e foi uma das coisas mais dolorosas que eu já ouvi e certamente a mais sofrida que eu já ouvi. até apenas 1 mês depois quando eu escutei algo ainda mais sofrido, meu amigo Chris o da foto, estava lutando contra uma doença mental há um tempo e para aqueles cujas vidas foi tocada por uma doença mental, vocês sabem como é desafiador eu falei com ele no telefone às 22h num domingo a noite nós falamos sobre o programa de tv que nós assitimos mais cedo e na segunda de manhã eu descobri que ele desapareceu. infelizmente que tirou sua própria vida e, foi um período muito obscuro e enquanto essas nuvens negras me circundavam e eu estava achando muito difícil pensar em qualquer coisa boa, eu disse pra mim mesmo que eu precisava focar no lado positivo de alguma forma. Então eu cheguei do trabalho uma noite, sentei no computador e comecei um pequeno website chamado 1000AwesomeThings.com tentando me lembrar dos simples e universais prazeres que todos amamos e que não falamos o suficiente, como garçons e garçonetes que trazem o refil do refrigerante sem que a gente peça sendo a primeira mesa a ser chamada num buffet de casamento vestir roupas de baixo quentinhas direto do secador, ou quando as caixas abrem no supermercado e você consegue ser atendido primeiro mesmo se você for o último da outra fila você entra logo ali! e, lentamente, com o tempo eu comecei a melhorar o meu humor quero dizer, 50mil blogs são começados por dia, então meu blog era só um desses 50 mil e ninguém lia, fora a minha mãe apesar de que, eu devo dizer que meus acessos aumentaram 100% no dia em que ela o mandou para o meu pai e então eu fiquei animado quando eu comecei a receber 10 acessos, e mais quando tive dezenas, e centenas, e milhares e depois milhões. Comecei a crescer e crescer, e crescer... (não pára de crescer), então eu recebi uma ligação, e a voz do outro lado da linha disse você acabou de ganhar o prêmio de melhor blog do mundo! ts.. Isso parece completamente falso! para qual país africano você quer que eu transfira todo o meu dinheiro..? mas, no fim das contas, eu peguei um avião andei num tapete vermelho entre a Sarah Silverman e o Jimmy Fallon e Martha Stewart, subi no palco pra aceitar um Prêmio Webbie para melhor blog e, a surpresa e a maravilha daquilo somente foi ofuscado pela minha volta a Toronto quando na minha caixa de entrada, 10 agentes literários entraram em contato para transformar o blog em livro avançando um ano daí, o "The Book of Awesome" e foi número 1 na lista de best sellers por 20 semanas seguidas bom eu disse que eu queria fazer 3 coisas: contar a história incrível queria compartilhar os 3 A's de Awesome e queria deixá-los com um pensamento final, então vamos falar sobre os 3 A's através dos últimos ano eu não tive muito tempo pra realmente pensar mas ultimamente eu tive a oportunidade de me afastar e me perguntar o que nos últimos anos que me ajudou no crescimento do blog e no meu crescimento pessoal, eu resumi essas coisas em 3 A's, eles são: atitude, atenção e autenticidade, vamos falar sobre eles um pouco então, atitude. Nós todos vamos ter problemas todos vamos ter dificuldades, ninguém pode prever o futuro, mas sabemos uma coisa sobre ele e isso é que ele não vai acontecer conforme o planejado nós sempre teremos grandes altos, e grandes dias e momentos de orgulho de sorrisos, formaturas e danças entre pais e filhas em casamentos, e bebês saudáveis gritando na maternidade, mas entre esses grandes altos, teremos essas dificuldades também é triste e não é agradável falarmos disso mas o seu marido pode te abandonar sua namorada pode trair suas dores de cabeça serem mais sérias do que vc pensava seu cão pode ser atropelado na rua, não é um pensamento feliz seus filhos podem se envolver em gangues ou situações ruins sua mãe pode ficar com câncer seu pai pode ficar malvado, e vão haver vezes na vida em que você se verá com estômago embrulhado e buracos no coração e quando as notícias ruins forem embora e a dor passar, eu realmente espero que você sinta que tenha duas opções uma é ficar na fossa e deprimido pra sempre a outra é sofrer e depois encarar o futuro com novos olhos ter uma boa atitude é escolher a opção dois e escolher não importa quão difícil seja, quanta dor se passou preferindo olhar pra frente e seguir com pequenos passos, rumo ao futuro o segundo a é atenção eu adoro ficar perto de crianças de 3 anos. eu amo a forma como eles enxergam o mundo porque eles estão vendo o mundo pela primeira vez eu amo a forma como eles podem observar um inseto andando como eles podem ficar encantados no primeiro jogo de baseball, com olhos abertos e com uma luva na mão ouvindo o mastigar dos amendoins e o cheiro dos cachorros quentes eu amo como eles podem passar horas catando flores no quintal formando um belo enfeite de mesa pro jantar de ação de graças eu amo a forma como enxergam o mundo porque estão vendo o mundo pela primeira vez ter um senso de atenção é encorajar o sua criança interna porque todos costumávamos ter 3 anos essa criança de 3 anos ainda faz parte de você ela está aí dentro e estar atento é lembrar que você também já viu pela primeira vez, tudo aquilo que você está vendo então, houve uma vez em que foi a sua primeiríssima vez ao dirigir por um sinal verde ao voltar pra casa houve a primeira vez em que você passou por uma padaria e sentiu o cheiro de pão fresquinho, ou a primeira vez em que você achou dinheiro dentro de uma jaqueta velha o último A é autenticidade e para esse eu quero contar uma história rápida vamos voltar ao ano de 1932 em uma fazenda de amendoins na Georgia um pequeno garoto chamado Roosevelt G. nasceu Roosevelt G. ou Rosie G., como era conhecido cresceu e se tornou um jogador de 136 kilos 1,8m, na NFL, ele é o número 76, na foto aqui está ele com seu temido quarteto esses são 4 caras dos anos 60, em los angeles que você não quer enfrentar eles eram jogadores durões fazendo o que amavam: esmagar crânios, deslocar ombros no campo de futebol... mas Rosie G. também tinha outra paixão dentro de seu ser autentico ele também amava ponto cruz. ele amava bordar, dizia que o acalmava o relaxava, tirava o seu medo de voar o ajudava a conhecer garotas! ele amava tanto isso que depois de aposentado ele fundou clubes e ainda lançou um livro chamado Rosie G. - Ponto Cruz para homens é uma capa fantástica, se você prestar atenção, ele está bordando seu próprio rosto! o que eu amo nessa história é que Rosie G. é uma pessoa muito autêntica, e é isso que é autenticidade é só ser você, e aceitar isso. e eu penso que quando se é autêntico, você acaba seguindo o seu coração, e se pondo em lugares e situações e em conversas que você ama, e aprecia e conhece gente com quem você goste de conversar você vai a lugares com os quais sempre sonhou seguindo o seu coração, e se sentindo realizado então esses são os 3 A's para o pensamento final, eu gostaria de levá-los de volta para a vinda dos meus pais para o Canadá eu não sei como deve ser, vir para um outro país quando se está nos seus 20 anos, eu não sei, porque eu nunca o fiz. Mas eu imagino que deve precisar de uma boa atitude eu imagino que você deve estar bem atento das coisas a sua volta e apreciar essas novas coisas que você estava conhecendo nesse novo mundo e eu acho que você tem que ser bem autêntico você tem que ser muito verdadeiro em relação a si mesmo, para conseguir passar por tudo aquilo a que se está exposto eu gostaria de pausar meu papo por 10 segundos, agora. porque não se tem muitas oportunidades de se fazer isso que vou fazer meu pais estão na primeira fileira então eu gostaria de pedir se vocês, não se importam, que eles levantassem para que eu possa agradecê-los quando eu era menor, meu pai adorava contar a história do seu primeiro dia no Canadá, e é uma ótima história, porque o que aconteceu foi que quando ele desceu do avião, no aeroporto, e ele foi recebido por uma ong, o que alguém dessa sala deve fazer parte e essa ong teve um almoço de boas vindas para todos os novos imigrantes no Canadá. E meu pai disse que ele saiu do avião e tinha esse banquete tinha pão, tinham aqueles mini picles tinham azeitonas, cebolinhas, tinham enroladinhos de peru presunto, rosbife... cubinhos de queijo... tinha sanduíche de pasta de atum e sanduíche salada de ovo, sanduíche de pasta de salmão tinha lasanha, ensopados, brownies tortelettes, e tinham tortas muitas e muitas tortas e quando meu pai me conta essa história, ele diz: "a loucura disso tudo... ...é que eu nunca tinha visto nada daquilo antes, exceto o pão!" "eu não sabia o que era carne, o que era vegetariano... ...eu estava comendo azeitonas, com torta... ... eu só não consegui acreditar quanta coisa se encontra por aqui!" quando eu tinha 5 anos, meu pai costumava me levar pra fazer compras e ele ficava olhando pros adesivos nas frutas e vegetais... ele dizia: olhe, você acredita que eles tem aqui uma manga que veio do México, uma maçã da África do Sul, não acredito que eles tem uma tâmara do Marrocos! Tipo, você sabe onde fica o Marrocos?! e eu dizia: eu tenho 5 anos, eu nem sei onde eu estou! e ele dizia: eu não sei onde é o Marrocos também! vamos descobrir juntos! Aí nos comprávamos a tâmara e íamos pra casa e aí nós tirávamos o Atlas da prateleira e o folheavamos até encontrarmos esse lugar misterioso, e enquanto fazíamos isso, meu pai dizia: "você acredita que alguém subiu numa árvore lá, pegou isso daqui.. ...colocou num caminhão, dirigiu até as docas... ...navegou com elas atráves de todo o oceano atlântico... ...e aí colocou em outro caminhão, e dirigiu até... ...essa pequena mercearia perto da nossa casa... só para que pudessem nos vendê-la por 25 centavos?" e aí eu disse: " eu não acredito nisso" , e ele: "eu não acredito nisso também! ...as coisas são incríveis, existem tantas coisas que são motivos para se sentir feliz!" E quando eu paro pra pensar nisso, ele tem razão! Existem tantas coisas que são motivos para se sentir feliz! Nó somos a única espécie na única pedra que tem vida, no universo inteiro que nós já vimos, capazes de vivenciar tantas destas coisas! nós somos os únicos com arquitetura, agricultura somos os únicos com jóias e democracia... Temos aviões, pontes aéreas, design de interiores, horóscopo... Nós temos revistas de moda, festas de música eletrônica, você pode assistir a um filme de terror, com monstros, você pode ir a um show de rock e ouvir solos de guitarra, nós temos livros buffets, ondas de rádio, noivas, passeios de montanha russa, você pode dormir em lencóis limpos, você pode ir ao cinema e pegar bons lugares, você pode sentir o cheiro de padaria, andar por aí descabelado, estourar plástico bolha, tirar uma soneca... Nós temos tudo isso, mas nós só temos 100 anos para aproveitá-lo. essa é a parte triste as atendentes do super mercado ?....? o cara com o farol alto atrás de você na estrada o cara do telemarketing te ligando na hora do jantar todos os professores que você já teve, todo mundo que já acordou ao seu lado, todo político de todos os países todos os atores e atrizes de todos os filmes, todos da sua família, todos que você ama, todos nessa sala e você, estará morto. Dentro de 100 anos. a vida é tão boa que só temos um curto período de tempo para aproveitar e apreciar todos aqueles pequenos momentos que a tornam tão doce. e esse momento é agora. e esses momentos estão acabando, e esses momentos estão sempre, sempre, sempre fugindo. e você nunca será tão jovem quanto é agora e é por isso que eu acredito que se você viver sua vida com uma boa atitude escolhendo seguir em frente toda vez que a vida te der um golpe vivendo com um bom senso de atenção, em relação ao mundo ao redor, aceitando a sua criança interior, vendo as pequenas alegrias que fazem a vida tão doce, e sendo autêntico sendo você e aceitando isso, deixando seu coração te levar e se pondo em situações que te satisfaçam eu acho que vc terá uma vida rica, e satisfatória e eu acho que você terá uma vida verdadeiramente incrível (awesome). Obrigada.

Video Details

Duration: 17 minutes and 56 seconds
Country: South Korea
Language: English
Producer: TEDxToronto
Director: TED
Views: 131
Posted by: christinamy on Jan 17, 2011

1000 awesome things

Caption and Translate

    Sign In/Register for Dotsub to translate this video.