Watch videos with subtitles in your language, upload your videos, create your own subtitles! Click here to learn more on "how to Dotsub"

Project Camelot interviews Dr Steven Greer

0 (0 Likes / 0 Dislikes)
acessem http://www.ochacaljusticeiro.blogspot.com ou http://www.teoriasdeconspiracao.com.br Projeto Camelote Apresenta Ol�! sou Kerry Cassidy do projeto Camelot. E eu sou Bill Ryan. Hoje � domingo,26 de julho de 2009. Eu tenho esse direito? Eu, pessoalmente, quero dizer que estou muito contente por estar aqui com Steven Greer. De todas as pessoas que n�s pedem entrevista por e-mails , voc� � o n�mero um em uma lista bastante longa. A raz�o para isso � que as pessoas v�em o Project Camelot como forma de continuar a chutar a bola que foi jogada em campo pelo Disclosure Project desde 1993 . Voc� come�ou isso , e n�s estamos fazendo nosso melhor para continuar a trazer a verdade ao mundo. Ah, bom. Obrigado. - N�s � queremos agradecer a voc� por isso. - Oh, voc�s s�o bem-vindos. Obrigado. Ent�o, n�s temos algumas perguntas para voc�, mas podem n�o ser as mais confort�veis das perguntas. - Oh, eu posso responder todas as suas perguntas. - Okay. Ouvimos dizer que voc� n�o � uma violeta murcha, como alguns chamam , ou o que quer que seja . Ent�o o que estamos querendo saber aqui� porque temos filosofias diferentes, penso eu, e abordagens diferentes, e eu acho que � realmente interessante. N�s come�amos, talvez, do mesmo modo , n�s entresvistamos testemunhas - e certamente voc� o f�z E a t�tica � muito eficaz e nos estimulou a ir em frente , e n�s fomos . N�s temos feito isto ja a quase 3 anos . Eu s� queria saber se voc� tem uma filosofia que voc� sente, ou uma trajet�ria que trouxe de entrevistas de testemunhas de energia livre, E se voc� poderia falar um pouco sobre essa trajet�ria. Bom, obviamente o Disclosure Project envolve muitos elementos. Um deles � a divulga��o do fato de que n�o estamos sozinhos. O outro � que h� projetos altamente classificados que funcionam ilegalmente durante 50, ou mais que 50 anos, tratando dessas coisas. E, n�mero tr�s, voc� n�o pode dizer que isto tem sido mantido em segredo e � real, sem dar uma raz�o ... Por que algo como isso seria mantido em segredo? Agora, podem argumentar que, bem, haviam quest�es religiosas, que as pessoas entrariam em p�nico com a ideia de que havia vida no espa�o ... Ou que haviam objetivos teol�gicos. E de fato isto ainda existe. Eu tive contato com cientistas j�niors do laborat�rio de propuls�o de jato que diseram que a raz�o porque algumas informa��es sobre as estruturas antigas em Marte ... ... Estarem retida � porque �desmoronaria as funda��es de todas as religi�es ortodoxos no mundo.� Ent�o eu disse: �timo ! Quero dizer, � hora de as pessoas que pensam nos 6.000 anos do mundo velhos que andam montados em dinossauros saberem onde come�ou a vida. - N�s concordamos com isso. - Sim. - Ok... Ent�o isso foi uma zona. Mas o maior ... e isto aconteceu quando tudo foi encoberto, em Outubro de 1954 - N�o sabemos o dia exato - era porque tinham realmente descoberto e dominado, o eletromagn�tismo/sistema de propuls�o gravitacional. Ent�o, isso foi h� 55 anos. - Certo. - Okay ... Ent�o a 55 anos houve a habilidade de dominar essas tecnologias. E obviamente, quando a Comiss�o Rockefeller, que reorganizou o Departamento de Defesa e da CIA, que foi criado por Eisenhower, o que fez foi ... ... Reorganizar de uma forma para que estes tipos de quest�es fosem tratadas como trabalhos secretos para outros programas, E as entidades aeroespaciais contratandas , e as entidades de altas tecnologias, realmente ficaram fora da supervis�o do presidente e do Congresso. E foi a� que tudo "foi para o sul", e tem sido assim desde ent�o. A raz�o para isso � porque, se voc� sabe que os OVNIs s�o reais, a coisa que qualquer cientista de boa-f� ou analista de pol�tica vai perguntar �: ... Bem, como diabos eles est�o indo de um sistema de estrelas para o outro? E quando essa pergunta � feita, ela ser� respondida, porque temos pessoas em nossa equipe que podem respond�-la em grandes detalhes. - Sim, eles n�o est�o viajando por ai em foguetes. - E quando isso for respondido - Estou tentando terminar um pensamento aqui ... ... Quando isso for respondido, voc� vai ver depois do fim do petr�leo, g�s, carv�o, energia nuclear, tudo isso. H� uma base de quinhentos trilh�es de d�lares de recursos ativos que eles est�o sentados em cima e protegem. Duas ou tr�s centenas de pessoas em empresas do mundo controlam metade das riquezas do planeta - o valor l�quido do planeta. Assim o segredo tem que ser compreendido como a maior crise macroecon�mica geopol�tica onde tem ocorrido um aumento enorme de poder nas m�os de poucas pessoas,... ... E isso ficou pior, e n�o melhorou , desde os anos dourados do alvorecer da Revolu��o Industrial. � realmente pior agora do que era no tempo de Cornelius Vanderbilt e os Rockefellers. � muito pior agora do que era. - Sim , eu entendo. - Ent�o, eu acho que � ... � assim o nosso foco, Cada vez mais aprendemos mais sobre as raz�es do segredo e os tipos de tecnologias que existem, � isso que n�s conclu�mos que � muito, muito importante trazer a publico esses sistemas de energia - pelo menos o que eu chamo de �os sistemas de n�vel um� Esses voc� poderia p�r em cima de uma caixa aqui� algo do tamanho de uma mesa de caf�. E eu vi isto. Agora, � claro, v�-los e ser capaz de mostrar e liber�-los a publico � outra quest�o. Mas eu os vi. Eles extraem energia a partir de ... de algo que alguns poderiam chamar de o campo de energia de ponto zero Outros chamam de fluxo do campo do v�cuo qu�ntico� ou como voc� quiser chamar. Mas, no tecido do espa�o-tempo ao nosso redor existe um enorme potencial eletromagn�tico que pode ser tocado e trazido para fora E essa � uma das implica��es pr�ticas da divulga��o. Quero dizer, h� muitas implica��es. Uma � a informa��o, outra � o contato diplom�tico, e outra � a quest�o da ci�ncia e da tecnologia... ... Que poderiam transformar o planeta, nos fazendo deichar o petr�leo, Parando o aquecimento global, acabando com a crise dos pobres e a pobreza no mundo. Assim que eu penso, e isso ecoa de muitas pessoas. H� um certo n�mero de pessoas que est�o interessadas em vida extraterrestre. H� um n�mero muito maior de pessoas que se preocupam com o meio ambiente, crise energ�tica, a pobreza no mundo, etc. Ent�o, o que voc� est� dizendo � que isso foi deichado por �ltimo? Porque sei que vc esta dando prioridade a energia livre ,ou parece esta dando. -N�o, n�o �. N�o, n�o, n�o. Bem, parece ser. Talvez eu tenha entendido mal ... Voc� n�o precissa citar minhas prioridades. Deixe-me ser muito claro sobre este assunto. N�s temos tr�s programas com mesmo Objetivo - Objetivos iguais - simultaneamente. - Ah, �? Certo. O N�mero um � o CSETI, o Centro de Estudos de Intelig�ncia Extraterrestre, que � um interplanet�rio, interestelar, de iniciativa diplom�tica. Esse foi o primeiro fundado e ainda � o foco principal. O segundo � o "Disclosure Project"(Projeto Divulga��o) Que come�ou como projeto Starlight (Projeto Luz estrelar) quando eu era espec�ficamente o diretor da CIA e dos Clintons e de todas essas pessoas. Em seguida, evoluiu para o Disclosure Project, quando Clinton disse: Eu n�o vou fazer porque eu vou acabar como Jack Kennedy. E as pessoas do Congresso se reuniram e disseram: Isso � um peixe muito grande para n�s bobinarmos , N�s n�o vamos fazer isto. Ent�o foi por isso que n�s fizemos em 2001 a Confer�ncia Nacional de Imprensa para Divulga��o do Projecto "Disclosure Project" E que ainda continua. N�s continuamos a fazer isso Em seguida, o terceiro � o OrionProject.org que focou na tentativa de identificar as pessoas que t�m uma compreens�o desta nova f�sica e ci�ncia para que possamos trazer a tona algumas das aplica��es pr�ticas. Eu sou uma esp�cie de coordenador ou chefe desses tr�s projetos, mas eles est�o interligados. Eles s�o realmente tr�s lados de uma pir�mide ou qualquer outra coisa ... N�o uma "pir�mide" , mas tr�s lados de uma entidade , tr�s faces que est�o interligadas. Eu tive um mal-entendido.E parte do motivo foi porque ... - N�o, foi bom que voc� tivese isso , at� porque muita gente tem esse mal-entendido. ... n�s temos um boletim informativo. O Projeto Orion, como voc� se referir a ele, o boletim vem em minha caixa de e-mails... exclusivamente falando mais sobre energia livre e coisas ligadas a ela. Portanto, � um equ�voco, voc� sabe, mas est� l� fora, como voc� diz. � muito interessante ouvir o que voc� est� continuando estes outros projetos... Sim, E as pessoas t�m que entender ... Voc� sabe que as pessoas dizem: Que divulga��o � essa ? Eu digo: N�s temos o depoimento de 110 testemunhos de militares mundo a fora. Temos DVDs e outros materiais e livros por a� com milhares de p�ginas de documentos do governo. Temos levado estas provas positivas e testemunhos para todo o mundo, em seguida, lan�amos um movimento de divulga��o em todo o mundo, em muitos, muitos pa�ses, como voc� sabe. Neste ponto, quando come�amos esse esfor�o, 30 a 40% do p�blico que tinhamos achavam que isso era real. Agora s�o 80%. Alguns pa�ses - nas pesquisas que fiz recentemente aqui na Espanha era cerca de 90% - acha que n�o estamos sozinhos e que "ETs" s�o reais. Ent�o, n�s sentimos acima de tudo que a estrat�gia mais abrangente de estabelecer esse fato aconteceu. O que n�o aconteceu foi, pelo menos n�o na Am�rica , um reconhecimento oficial do problema e o fim do sigilo. Mas isso � devido a um problema complexo que eu trabalho nos bastidores, que � onde est� o problema. O problema � no Majestic. E o problema � nos l�deres pol�ticos convencionais e do complexo militar-industrial. Quando come�amos este esfor�o cerca de um ter�o deste grupo Majestic pensavam que o est�vamos fazendo era algo que eles apoiariam. Agora s�o 70% . Mas os outros 30% provavelmente gostariam de me ver morto. Mas o ponto � - E eles s�o malignos - mas existem 70% deles agora que est�o realmente tomando o rumo certo . Isso inclui os membros do Majestic que est�o na Europa, que est�o na Ma�onaria, que est�o em um monte dessas organiza��es secretas... ...que s�o cheios de segredos, eles sabem que estamos no fim , e j� � tempo de acabar esse jogo tolo de segredo e poder secreto. Portanto, muito do trabalho que tenho feito, tem diretamente a ver com a divulga��o, tem a ver com a tentativa de corrigir essa din�mica altamente disfuncional que n�o pode ser ignorada. Voc� n�o pode fingir que os le�es n�o est�o l� fora � espreita na selva. Voc� n�o tem que capitura-los, voc� tem que tentar educ�-los e lhes d� uma outra vis�o. O que eu digo para as pessoas e as pessoas que s�o viciadas em poder secreto, �: ... Kissinger uma vez disse que o poder � o �ltimo afrodis�aco... .. ent�o o poder secreto seria aqueles ester�ides e Viagras e todo esses tipos de coisas - completamente cegantes - E assim, uma das quest�es reais � o que voc� pode... Voc� n�o pode simplesmente tirar. Voc� tem que dar. Assim, meu trabalho � tentar dar tamb�m a alguns desses l�deres, de ambos os l�deres tradicionais e as pessoas que est�o dentro desses projetos classificados, uma nova vis�o uma vis�o que pode guiar o mundo a partir da sua actual dire��o, em um caminho de paz, de seguran�a ,de justi�a, de energia livre, e uma nova transforma��o da nossa civiliza��o neste planeta - muito rapidamente. Porque, voc� sabe, n�s come�amos atrazados, na minha opini�o. Eu acho que n�o temos mais 50 ou 100 anos para desperdi�ar. Como acontece, nem eles. Quero dizer, o que n�s conseguimos de nossas testemunhas secretas e das pessoas que est�o expostas � filosofia Illuminati constantemente � que o nosso tempo como conhecemos est� se esgotando Ouvimos isso de uma testemunha secreta - ent�o eu estive a sua busca para saber se isso coincide com o que voc� sabe - Que rest�o cerca dez meses de comida antes quese esgote no planeta, e que h� uns 3 ou 4 anos de oxig�nio. Quer dizer, eu n�o sei se esse � o tempo certo, ou n�o, ou se � mais vago do que foi dito a mim, ou mais... ...sabe, onde voc� se enquadra nessa categoria, em termos de como voc� entende isso. Deixe-me dizer que h� um monte de ... Meu pai costumava dizer: "O papel n�o recusa tinta" E na era moderna podemos dizer, "que a tela do computador n�o recusa d�gitos." Ent�o, em outras palavras, "qualquer coisa pode ser dita". Ent�o, Se tem que� "na minha opini�o" que existem varios interesseiros que tentam usar qualquer meio para oferecer... ...um paradigma que � altamente "escatol�gico". (doutrina das coisas que dever�o acontecer no final do mundo) O meio escatol�gico no Majestic � muito poderoso. Me lembro de um encontro com um membro da Fam�lia Real na Europa na d�cada de 90 E seu prop�sito era fornecer empr�stimos para pesquisadores de abdu��es que estavam l�... - E eu sei que eles s�o, todos da linhagem principal- Eles apagariam as informa��es para o p�blico ,para que o p�blico aprendesse a odiar os "ETs" suficientemente para causar uma guerra interplanet�ria... ...Que seria o Armagedon que iria precipitar a volta de Cristo. Agora, esta foi uma perspectiva... - Sim, n�s ouvimos isto. ...muito espec�fica do Opus Dei... E � realmente pra isso que estamos caminhando. � como se o Ahmadinejad no Ir� dissesse assim, seria bom se n�s fomosemos para a guerra nuclear... ...contra Israel, pois isso encurtaria em um D�cimo Segundo o retorno do seu Cristo, faria ele evoltar ao Ir�. - Certo. Ent�o, o efeito da perspectiva escatol�gica no mundo � ... Ent�o voc� est� dizendo ... S� para constar aqui, que este homem testemunho, que so restam apenas... ...cerca de dez meses e quatro anos, por que � praticamente o que esta sendo programado pelos controladores, de certa maneira. Bem, � �por um vidro vagamente� Em outras palavras, sim, estam nos encaminhando para uma crise. Sim, n�s estamos sendo levados para a forca, posso chamar assim, nessa situa��o. Mas o que eles n�o entendem � que � o fim de uma era e o in�cio de outra. N�o sera o fim da vida na Terra. N�o vai ser o fim da ra�a humana neste planeta. Estes s�o todo� - N�s certamente concordamos com isto. Isto �... Assim foi feita uma mistura de varias tradi��es espirituais mal interpretadas, sej� no Livro das Revela��es ou em outro lugares, ou o calend�rio maia e 2012 Foi criado este rolo compressor escatol�gico que � muito Cientologico, � muito Majestic E tem um monte de bases dentro da filosofia que mostram porque o segredo continua a ser como �. Este � um dos principais motivos de porque o segredo continua. Os outros s�o o dinheiro a tecnol�gia e o controle, o controlo macro-econ�mico do planeta. Minha vantagem � que as pessoas ... Por exemplo, eu tenho feito isto por 19 anos e eu tive que� Voc� sabe, se voc� foi diretor da CIA, voc� teve alguns bons acessos, e isso h� 16 anos. Minha fam�lia colocou o primeiro homem na lua. Ent�o eu tive acesso a pessoas de dentro de projetos secretos durante toda minha vida. Por exemplo - e eu sei que n�s provavelmente discordamos sobre isso porque eu vi o que voc� escreveu em seu blog depois da minha conversa ontem � noite - Existem pessoas que foram expostas ao que elas queriam ver. Bob Lazar foi um desses e resolveu falar. Agora a pergunta �: Qual � a agenda secreta que permitiu isso ? Conheci mais de uma d�zia de pessoas que trabalharam nas instala��es da Dulce e em Pine Gap na Austr�lia e outros lugares ... ...onde t�m realmente crecido a esp�cie Cinza e R�ptil que as pessoas acham que s�o ETs. E as pessoas que est�o nos projetos pensam que est�o trabalhando ao lado de um ET, mas eles n�o s�o. Eles s�o absolutamente o que � chamado de nano-bio-m�quinas e eles s�o Formas devida Programadas. E n�o existe nehuma d�vida que isso continua. Portanto, a grande quest�o � : Se algu�m chega at� voc� com apenas uma observa��o emp�rica, o que � que eles est�o vendo? Agora vou passar para algo ainda mais controverso. Temos algumas pessoas no Lockheed, e em outro programa... que eu n�o posso dizer onde �, mas � no Sul... em uma instala��o subterr�nea, e seu cientista-chefe � algu�m que eu conheci muito bem. Eles desenvolveram sistemas electromagn�ticos, onde podem colocar algu�m em um estado, e eles podem entrar - e isso leva a uma discuss�o, cosmol�gica e complexa agora - Um baixo astral, ou um campo astral mais denso. E alguns poderiam chamar isso de demon�aco. Eles podem realmente ver os seres e criaturas l� e traz�-las em tr�s dimens�es e materializar em carne e sangue - atrav�s desta eletr�nica. Ent�o, um monte dessas coisas que as pessoas est�o vendo nada t�m a ver com interestelar e extraterrestre. Ent�o, quando eu estou falando ...quando eu falo sobre as civiliza��es interestelares que tamb�m t�m capacidade transdimensional ... Voc� n�o pode atravessar o espa�o interestelar na velocidade da luz ou em menos. - Certo. Mas h� uma indigest�o cosmol�gica acontecendo dentro da ufologia divulga��es que eu acho perturbante porque as pessoas est�o confundindo interdimensional com extraterrestres com PLFs, que s�o Formas de vida Programada, feito pelo homem. Tudo isso est� sendo montado como se fosse uma coisa so, e n�o �. �, infelizmente, muito mais complexo do que isso. � exatamente por isso ... - N�s concordamos com isso tamb�m. � muito complexo. � por isso que, Martin Cannon, l� no final dos anos 80, junto uma nota com 2000 paginas provando o envolvimento militar humano... ...Com raptos, e que as criaturas que estavam sendo usadas n�o eram ET... N�o foi uma alian�a entre o Majestic e estes ETs. Os ETs n�o est�o 'nem ai' para o Majestic. Agora, eu digo que s�o estrangeiros, mas n�o s�o extraterrestres. - Ok? E agora estamos entrando ... ...E as pessoas dizem que eu estou sendo insolente. Eu n�o estou, porque estas criaturas s�o muito bizarras. Alguns deles ainda ... vou lev�r "um pouco mais longe". Todos j� ouviram falar de Roswell, e todo tem ouvido que tem havido um n�mero de sistemas de armas eletromagn�ticas que t�m como alvo derrubar ve�culos interestelar ... N�o tiveram uma taxa de matan�a muito grande nos primeiros dias. - Eu odeio a usar a palavra matan�a depois de taxa."� terr�vel". Mas est� se tornado cada vez mais eficiente desde SDI,e desde os anos 90, especialmente nos �ltimos cinco ou dez anos. O que aconteceu, no entanto, nos primeiros dias... Eles tinham bastante material bruto. E, claro, tivemos coisas como o Experimento Filad�lfia O que n�o aconteceu na Filad�lfia. Aconteceu em Rhode Island. Isso foi apenas uma hist�ria de acobertamento... isso � outra Quest�o. Mas isso foi nos anos 40. Assim tinhamos eletr�nica muito avan�ados que j� estavam sendo usados. E quando os extraterrestres apareceram n�s est�vamos detonando armas nucleares N�s fomos capazes, em Roswell,de usar o nosso esquadr�o de bombas nucleares s�, para ter uma dessas armas e uma c�pula de radar, ou configura��o, isso causou dois daquele acidente. Haviam corpos nisso. Alguns deles estavam vivos, tenho uma testemunha que realmente tratou um dos sobreviventes mais tarde em 1950-51 aqui na Virg�nia N�o muito longe de onde eu moro, em Camp Pearry, uma instala��o muito secreta. [Nota Greer:Camp Pearry � um centro de treinamento do Ex�rcito experimental perto de Williamsburg] Agora, o que � interessante � que o material gen�tico de alguns daqueles corpos foram posteriormente clonados, de v�rias esp�cie diferente. Agora, voc�s sabem, eu tenho uma filha com Ph.D. em neuroci�ncia e gen�tica da Universidade de maior prest�gio no mundo. O que eu tenho feito �, eu olhei para este,uma esp�cie de ... o estado atual da neuroci�ncia no mundo n�o secreto � que... ...Se quisessem poderiam retirar c�lulas de um humano e clonar ele. Absolutamente. - Certo. - Sim. Agora, imaginem o que j� existiu no mundo secreto, porque estas eram as pessoas que estavam no... Estes eram os humanos que eram os descendentes espirituais de Mengele e os nazistas, Wernher von Braun, e aquela cela inteira. - Voc� est� falando sobre os cientistas. Os cientistas que foram levados para esses projetos secretos, e que estavam na funda��o da CIA e do programa espacial precoce. Ent�o, s�o os programas altamente compartimentado que lidam com estes problemas... - �. E isto � a mesma coisa: todo mundo fala de anti-gravidade e isso e aquilo, mas o que eles esquecem s�o os enormes avan�os que... Aconteceram entre o in�cio dos anos 40 e agora na gen�tica ,na tecnologia biol�gica e na neuroci�ncia. Aqueles que t�m ido para lugares onde eles agora criam essas criaturas que as pessoas pensam: Ah, isso � um extraterrestre. Eu digo: N�O � um extraterrestre! Ent�o tudo isso tem deliberadamente confundido as coisa, assim as pessoas fazem uma avalia��o de que existem alien�genas bons e outros maus. E se entramos na mentalidade de "cowboys e �ndios", ent�o eles podem dividir a ra�a humana e fazer outro p� de guerra que ir� cumprir o plano do Majestic... ...Que nasceu nos anos 50, que nos levar�, como Douglas McArthur disse em sua �ltima entrevista para o Congresso, a uma guerra interplanet�ria, que seria a III Guerra Mundial que eles querem. - Certo. Ent�o, a maioria da ufologia no varejo - Eu diria que 90% dela - t�m passado essa mensagem, essa informa��o e estas imagens para fins Majesticos. Agora, eu penso que as pessoas fizeram isto por completa ingenuidade porque� -Certo. Eu quero fazer uma pergunta direta aqui, porque isto � pessoal, e eu n�o disse isso pra c�meras antes. Ent�o, vamos l�. Eu sou um abduzido, e eu sou um alpinista. Eu fui abduzido de minha barraca em dezembro de 1981 no Himalaia Nas encostas do Makalu, que est� no Nepal, na fronteira do Tibete. E isso n�o foi feito por militares. Foi em dezembro, em pleno inverno no Himalaia. Eu fui levado para fora da minha barraca, flutuando sobre a geleira no meio da noite e estava menos 40 graus. E n�o eram militares que estavam fazendo isso. Eles n�o podiam fazer isso. Eu n�o estou dizendo que todos os contatoss s�o militar. Eu estou sendo muito espec�fico. Eu estou dizendo que a maioria � militar... Vejamos: � como se voc� tivesse uma pepita de ouro e voc� despeja-se um monte de ouro de tolo sobre ela... -Certo. E ningu�m est� fazendo um ensaio. E a pergunta �: Qual parte � extraterrestre, que parte do que � interdimensional... - Exatamente. ...Que parte disso � feito pelo homem? E que parte disso � uma mistura, onde as pessoas ...? E aqui eu vou complicar um pouco mais as coisas. Existem pessoas que tiveram contato com ETs e quando descobrirem estes projetos secretos sobre isso pensaram nos motivos de os terem... Acho que o que acontece aqui... Estamos cientes desse n�vel que voc� est� falando. Estamos cientes de todas estas dimens�es diferentes, porque n�s temos basicamente... Dimens�es ( "- e n�o as dimens�es, mas "as dimens�es deste argumento")... porque temos sido expostos a estes n�veis por diferentes testemunhas segretas, ok? Mas, eu acho que se n�s temos um desacordo, o que �, � ... Eu n�o sei se � completamente, sabe? N�o � uma ou outra quest�o. � a quanto? � um percentual, como voc� diz. �: Existe, em alguns momentos, abdu��es que s�o relacionadas com ETs e que s�o realmente feitas por ETs - ok? - E lidou com um determinado grupo de ETs? Existe um elemento que liga isso, e esses talvez sejam a maior parte? � altamente prov�vel. Ok? Mas s� existem exclusivamente ETs bons? Eu acho que quando voc� extrapolar isso, que � onde eu tenho um problema. -Eu acho que o problema � com a caricatura do... Porque eu penso que isso seja, um problema de um modo limitado de olhar para realidade. N�o, eu acho que o problema � uma vis�o manique�sta que tem que dividir esp�cies inteiras em bons ou maus. Isto foi exatamente o que Hitler fez quando dizia, voc� sabe, os judeus s�o maus e eles s�o sujos e eles est�o ai... acho que temos que ser extremamente cautelosos... Eu n�o acho que seja necess�rio fazer isso j� est� assim em termos geral... Quero dizer, estava falando do universos. Ok? Estamos falando de Varias esp�cies l� fora, que viaj�o para al�m deste sistema solar, com certeza... - Ah, eu estou muito certo disso. ... e n�s estamos falando sobre a vida em geral, est� bem, ent�o ... - Mas o ponto � que ... ...Eu n�o acho que podemos sentar aqui e fazer uma declara��o como o que eu ouvi voc� dizer que a etapa de ontem, que era: N�o existem ETs ruim. Quero dizer, que absurdo. N�o, acho que voc� poderia dizer que n�o h� provas de que o planeta foi invadido por hostis "foram as palavras que usei" civiliza��es que t�m uma inten��o... At� agora, a voc�, voc� n�o tem nenhuma prova disso ... em outras palavras... Voc� n�o pode provar uma negativa. Isto � axiom�tico. O que posso dizer ... - Bem, ent�o n�s temos um problema. Voc� n�o pode provar uma negativa. - Em outras palavras, este � o ponto. N�o, n�o. Mas � o ponto. Voc� n�o pode provar uma negativa, mas o que voc� pode fazer � ir com a evid�ncia de que voc� tem. Um dos conjuntos de provas que temos � atrav�s do CSETI, que vai por todo o mundo e faz contatos em todo o mundo com milhares de pessoas... Nunca vimos um evento nocivo acontecer. Nunca tivemos nada parecido com qualquer coisa que tenha sido assustador ou mal a ningu�m na equipe de contato. Por outro lado, tivemos membros de nossa equipe que foram alvejados com esses psicotr�nicos acontecimentos relacionados com o rapto do tipo militar, incluindo eu mesmo. - Certo. Eu concordo. Ent�o, tenho que ir pelas evid�ncia que eu tenho. Sei tamb�m que h� a fase artesanal, para usar um "Instituto para Estudos Estrat�gicos" documentos que eu tenho, que fala sobre a fase da arte de raptos por causa de seu valor de guerra psicol�gica para os planos dos EUA contra Eles vis�o manique�sta que iria redundar em benef�cio do complexo militar-industrial. Eu acho que o que estou dizendo � que um tem que ter muito cuidado se voc� vai estar envolvido com a divulga��o e contato, dizendo: Este grupo � ruim, esse grupo � bom. N�s somos bons e somos maus. E n�s estamos escorregando de volta para os israelenses contra os palestinos, os judeus contra os crist�os, os mu�ulmanos contra o que quer que seja... A linguagem � realmente servisos de um versus o de outro, e que, em si, � tamb�m uma quest�o de grau. Ent�o n�o � muito bom. Qualquer um ... - Mas voc� n�o pode julgar. Veja, aqui est� o problema. Bem, nenhum de n�s podemos. Esse � meu ponto aqui. - Bom, esse � o meu ponto Tamb�m ! � uma quest�o de grau. E eu acho que antes de come�ar a descer o caminho do c�u est� caindo! E come�amos a ter essa vis�o manique�sta... ...De que "Aqui est�o os que est�o a servi�o dos outros e aqui os que s�o ego�stas"... Eu diria que existe alguns que propagaram ego�smo em todos os lugares. - Certo. E vamos voltar at� esta um pouco mais. Digamos que essas civiliza��es ... Especialmente pelos invasores. - Pelo que? [risos] Se h� uma corrida de invas�o, ent�o auto-interesses esclarecidos vam ser o modelo predominante de que eles v�o funcionar, certo? E, voc� sabe, voc� tem direito a isso. Acho que voc� est�... Eu estou postulando. Tudo o que eu estou fazendo aqui... Olha, at� que realmente aconte�a em preto e branco... Olhe, onde � que eles invadiram? Quem foi invadido? E aqui est� o... - H� evid�ncias. Em outras palavras, � poss�vel obter provas de ambos os lados da quest�o. Bom, mas caracterizar isso como uma invas�o... E se existe um grupo interestelar que possuem diferentes mebros... e eles t�m diferentes fun��es. Por exemplo ... - Certo. Ok, eu vou levar isso um pouco mais longe. H� um grupo que tem uma fun��o muito espec�fica. Voc� poderia chamar esta a fun��o de Arca de No�, este planeta est� sob um stress ambiental tremendo. Estamos perdendo milhares de esp�cies de plantas e animais. Eu falei com as pessoas sobre a aterrissagem em Provence, desta fun��o de ET em um campo de lavanda, e tinham estes pequeno ETs que foram colher lavanda. Soa hil�rio. - Assim como o filme, sim. Mas o que eles estavam fazendo? Absolutamente isso aconteceu e eles deixram tra�os f�sicos. Pode haver um projeto do genoma humano que est� tentando proteger o genoma humano e um projeto genoma de Gaia, a Terra? Pode existir todos os tipos de coisas acontecendo que est�o al�m da nossa capacidade de dizer: Isso est� acontecendo pelas pessoas que s�o ego�stas e invasores. Eu acho que esse tipo de dicotomia e dualidade que eu li no seu blog � o roteiro exato que o Majestic quereria que as pessoas comprassem para apoiar a guerra interplanet�ria. - Eu penso que existe outro� Sim, Eu acho que a paran�ia sobre a guerra interplanet�ria em si, e esse cen�rio, � louv�vel, certo. De certa forma n�s entendemos que voc� est� vindo de uma perspectiva sincera quando voc� fala N�o vamos ficar presos em polaridades Mas o que n�s n�o queremos fazer � analisar essa cena, este argumento, e as realidades l� fora, e fazer uma declara��o definitiva, onde podemos dizer: s� existem ETs bom. Agora, deixe-me dizer por que isso tamb�m � perigoso , porque o que faz � deixar as pessoas, os seres humanos e, possivelmente, a humanidade em geral, em uma posi��o vulner�vel. Eles v�o, ent�o, serguir ETs como o Flautista de Hamelin que estabelece que caminho que eles v�o tomar. N�o. Eu sempre disse e, infelizmente, voc� n�o leu meus livros e as coisas, mas... - Na verdade eu tenho. Bem, eu deicho muito claro que h� duas coisas que s�o igualmente perigosas - o Endeusamento destes visitantes ou a Demoniza��o dos mesmos. - Exatamente. Ambos s�o igualmente perigosos, e eu falo disso desde os anos 90. - Ent�o estamos de acordo. Mas o que voc� disse no palco n�o foi isso. Eu n�o os indivinos e eu n�o os demonificos. Meu ponto � que n�s estamos vivendo em um universo juntos, vamos ter que conviver nesse universo. - Absolutamente! As solu��es n�o v�o ser xingamentos e n�s somos melhores do que os que est�o a servi�o de si mesmo e aqueles a servi�o dos outros e essa coisa toda. Eu acho que n�s temos que olhar isso de uma imagem muito maior, n�o � apenas a terra, mas todo o cosmos que est� passando por um momento qu�ntico. - Certo, isso � verdade. N�o � apenas um momento da Terra. � um momento universal... - Certo. ...A indica��o de que � a paz universal, a indica��o de que � isso. E assim tamb�m � verdade... -O ideal seria... ...Que as civiliza��es interestelares n�o est�o autorizadas a deixar as suas biosfera, at� que se tenha um acordo para a paz. Agora, e... -Isso � uma suposi��o. Isto foi provado, porque se estas civiliza��es... -De jeito nenhum. Nada tem sido provado neste planeta para aquele grau de sofistica��o. N�o h� nenhuma maneira... Bem, se eles estavam aqui e foram invadindo e eram hostis, n�o teria esperado para n�s termos o tipo de armas que temos hoje. Eles teriam absolutamente acabado com esta civiliza��o l� em 1945.

Video Details

Duration: 1 hour, 11 minutes and 28 seconds
Country: United States
Language: English
Genre: None
Views: 76
Posted by: chacaljusticeiro on Nov 27, 2010

PROJECT CAMELOT INTERVIEWS DR STEVEN GREER
Barcelona, 26 July 2009

Project Camelot interviews Dr. Steven Greer. Please go to http://projectcamelot.org/steven_gree... to read some important context before you watch this fascinating video.

http://projectcamelot.org/steven_gree...

(...)

To contact Bill Ryan or Kerry Cassidy, please e-mail us at [email protected]

Caption and Translate

    Sign In/Register for Dotsub above to caption this video.